domingo, 10 de novembro de 2013

Fotos do Cafezinho Poético em homenagem à Therezinha Lucas Tusi

0 comentários
Enadir Vielmo e Therezinha Tusi

Clique na imagem acima para ver todas as fotos.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Cafezinho Poético homenageia Therezinha Tusi

0 comentários

Neste sábado, às 19h, no Centro Cultural, a Casa do Poeta de Santiago promoverá uma edição especial de seu Cafezinho Poético. Será feita uma homenagem a escritora Therezinha Lucas Tusi, com recital de suas poesias e debate entre os participantes. A atividade reunirá escritores e familiares da poetisa, que é autora dos livros Afinidades e Passional, além de ter sido uma das homenageadas do projeto literário "Santiago do Boqueirão, seus Poetas Quem São".

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Agende-se para as sessões de autógrafos da 15ª Feira do Livro de Santiago

0 comentários

24 de outubro – quinta-feira
15h: Alunos da EMEF Severino Azambuja - Poesias)
16h30min: Drº João Marcos Adede y Castro – "Indignação Positiva II"
17h 30min/19h: Alunos Colégio Medianeira/ Prof Ronaldo – "Conta aí, parceiro!"
19h30min: Nelci guerra - “Fases da Vida”
20h: Alunos 7º ano Escola da URI /Profª Ana Maria - Projeto: Assim nascem poetas e escritores
20h30min: Alunos do Curso de Direito/URI – Campus Santiago - Revista Jurídica
21h: José Luiz dos Santos – Tropeando Lembranças-Causos e Estripulias


25 de outubro – sexta-feira
10h: Claudio Levitan - A VACA TRANSPARENTE, Editora Libretos.
14h30min: Alunos 6º ano EMEF Boa Vista - Diário da Vida  Real
15h: Márcio Brasil - “ Clube dos Montros”
15h30min: Alunos 3º ano EMEF Silvio Aquino - Coletânea de poesias
16h: Escritores Casa do Poeta de Santa Maria - Obras diversas
17h30min: Kawane Mayer - “Versos ao Vento”
18h: Alunos Ed. Infantil - Escola da URI
18h30min: Alunos Anos Iniciais - Escola da URI
19h: Arlete Gudoli Lopes - “O inquietante perfume de cravos- contos de amor e de vida”
19h30min: Autores Diversos - “Antrophofagus - Antologia de crônicas,contos e poesias”
20h: Erilaine Perez/Froilam de Oliveira - Poesia
20h30min: Jaime Piva - A Ciência da burrice
21h: José de Anchieta - Provas Comentadas de Matemática da Escola Preparatória de Cadetes do Exército(EsPCEX) 


26 de outubro – sábado
16h30min: Athos Ronaldo Miralha da Cunha, José Luiz dos Santos e Tânia Lopes (Bastardo)
17h: Escola de Educação Infantil Anjinho Travesso - Livros das avós “Palavras com açúcar”
18h: Carlos Giovani Delevati Pasini - “77: Antologia de Crônicas e Contos”
18h30min: Éden de Paula - Missão na Selva
19h: Maria Lidia Andres, Thereza Anna Andres, Maria Francisca Ávila, Santa Bolzan, Dirce Brum, Arlete Cossentino, Dalva Giacomelli, Darci Lewandowski, Valdomiro Sabidussi, Maria Zenir Vargas, Teresinha Garcia Vaz, Enadir Josefina Obregon Vielmo - Projeto: Os fios da Memória tecem crônicas
19h30min: Márcio Brasil - “Idiossincrasias Amalgamadas”
20h: Valdo Barcelos - “Uma Educação nos Trópicos: contribuições da Antropologia Cultural Brasileira”
20h30min: Alberto Afonso Landa Camargo - O louco, o tempo e outras estranhezas
21h: Froilam de Oliveira e Valdir Amaral Pinto - Trovas da “Estância do Abandono” de Dª Brasilia Comarca- Zeca Blau-edição comemorativa /80 anos
21h: Neltair Abreu - Causos de Santiago


27 de outubro – domingo
16h: Juliana Motta Pimentel - Nem só de amor vive o homem
17h: Ana Helena Diniz Soares Rilho, Ana Laroca, Célia Zingler, Evanilda Padilha, Geni Oliveira, Maria Regina Pereira Figueiró, Maria Rosa Fontebasso, Maria Tereza Guerra Bernd, Maria Tusnelda d'Andrade, Marinês Castilho Romeu, Paulo Belotto, Paulo Franquilin, Rafael Balestrin, Ricardo Hubba, Sérgio Simon - A Casa do João-de-Barro. APCEF/RS: 60 anos de história.
15h: Davy Bogomoletz - Torah-Genese/versão bilíngue Hebraico/Português
18h: Maria Ivete Trevisan Fossá; Ada Cristina Machado da Silveira; Flavi Ferreira Lisbôa Filho - Rádio: sociedade, fronteiras e educação (editora Facos - UFSM)
19h: Breno Serafini - “Millôres Dias Virão”

Confira a programação da 15ª Feira do Livro de Santiago

0 comentários

Dia 24 de outubro – quinta-feira

9h: Apresentação da Tocata (Fanfarra da 1ª Bda C Mec)
9h30: Abertura Oficial (Adriana Machado)
10h às 10h45: Bate-papo com o público (Escritora Jane Tutikian)
13h30/ 13h40: Música: Balão mágico e Xuxa – Ser criança (EMEF São José)
13h40/13h50: Ou isto ou aquilo – Cecília Meirelles (EMEi Atílio Nicola)
13h50/14h: Teatro:“Quando nasce um mostro” (EMEF Boa Vista)
14h às 15h: Show A turma do Nosso Amiguinho (PUFV/Sicredi)
15h/15h10: História:Bruxa,Bruxa venha à minha festa – autora Arden Bruce (EMEI Boa Vista)
15h15/15h25: O mágico de Oz na Cidade Educadora (EMEI Sol Criança)
15h30/15h40: Música: Arco-íris (EMEI Bem-me-quer)
15h50/16h: O aniversário da Emília (Escola Carlos Humberto Aquino Frota)
16h às 17h: Show A turma do Nosso Amiguinho (PUFV/Sicredi)
18h: Diálogos Cuturais (Rodrigo Neres)
19h: Entrega da premiação Concurso Literário Conte um Conto (SMEC)
19h: Mesa Redonda com escritores Santiaguenses (CNA/Casa do Poeta)
20h/20h30: Show violão e voz (André Canterle)
20h30/21h30: Show (Vanda Fortes)
Atividades durante o dia:
Intervenções com a turma dos Smurfs
Intervenção Escola de Educação Infantil Anjinho Travesso
Meta 5- Município Saudável/Campanha cata-caca
Cobertura com boletins diários da Rádio Santiago
Animação Cultural
Praça de Alimentação


25 de outubro – sexta-feira

8h30/8h40: Música Dramatizada: "Aquarela do Brasil" (EMEF Heron Ribeiro)
8h40/8h50: Teatro: O caminho das flores (EMEF Manoel Abreu)
8h50/9h: Poema: As borboletas (EMEI Recanto da Alegria)
9h/9h40: Oficina Literária (Escritor Claudio Levitan)
10h/11h: Oficina Literária (Escritora Léia Cassol)
11h: Música: A dona aranha (EMEI Jovino Zambonato)
13h30/14h30: Oficina Literária (Escritora Léia Cassol)
14h35/14h45: Avião de Papelão- Jardim de Cata-Ventos (EMEI Mary Peixoto)
14h45/ 14h55: O Elefantinho (EMEI Mãe Ida)
15h/16h: Oficina Literária (Escritora Léia Cassol)
15h50/16h: Dança (EMEF Geraldina Bitencourt Borges)
16h/17h: Show (Jardim de Cata-Ventos)
19h40min: Esquete de Marlyn e Chaplin (Escola de Educação Básica da URI)
20h: Apresentação Artística (Verônica Ramos)
20h30/21h30: Bate-papo  com o público (Thedy Corrêa)

Atividades durante o dia:
Praça de Alimentação
Cobertura com boletins diários da Rádio Santiago
Animação Cultural
Intervenção Escola de Educação Infantil Anjinho Travesso
Meta 5- Município Saudável/Campanha cata-caca


26 de outubro – sábado

8h40/8h50: Peça teatral: A Cigarra e a Formiga (EMEF Servando Gomes)
9h/10h: Oficina Literária (Paulo Bocca)
10h: Viajando com meus livros (EMEF Severino Azambuja)
10h10/10h20: Dramatização: Romeu e Julieta – Ruth Rocha (EMEF Silvio Aquino)
10h20/10h30: Dança do macaquinho (EMTO Criança Feliz)
10h35/10h50: Coral (EMTO Criança Feliz)
11h: Dança Folclórica (EMTO Criança Feliz)
13h30: Contação de história por Rogério Rocha: "Na casa velha da praia" de Camila Cerqueira (Projeto Viva Verde-grupo Batista/Escola de Educação Infantil Escológica/Viação Centro-oeste ltda)
14h: Oficinas de Dança e Flauta / Programa Mais Educação (EMEF João Evangelista)
14h30: Oficinas de Dança e Canto Coral / Programa Mais Educação (EMEF Severino Azambuja)
15h: Oficinas de Dança e Hip Hop /Programa Mais Educação (EMEF Heron Jornada Ribeiro)
15h30: Oficinas de Flauta Doce / Programa Mais Educação (EMEF Manoel Abreu)
16h: Oficinas de Dança e Canto Coral/ Programa Mais Educação (EMEF Silvio Aquino)
16h30: Oficinas de Dança / Programa Mais Educação (EMEF São José)
18h: Apresentação Coral (Helena Teixeira)
18h 30min: Apresentação Coral (SMDS)
19h: Apresentação (Banda Gospel "O Verbo")
20h: Show artístico (James Stainhausen)
20h: Inauguração do espaço honorífico Neltair Abreu-Santiago Calçada da Fama (SMEC)
21h: Lançamento edição comemorativa 80 anos Trovas da Estância do Abandono de dª Brasilia Comarca- Zeca Blau (Organizadores:Froilam de Oliveira, Valdir Amaral Pinto)
21h: Apresentação artística (Ariel Scarmagnan/ 1º lugar gaita piano na 31ª campereada Internacional de Sant’Anna do Livramento, 2º lugar na Interregional do ENART/2013)
20h30min/21h30: Show Musical (Montano Borges)

Atividades durante o dia:
Cobertura com boletins diários da Rádio Santiago
Animação Cultural
Praça de Alimentação


27 de outubro – domingo

10h às 12h: Programação ao vivo Ponto de Vista – Rádio Santiago (Jones Diniz)
10h: Mesa redonda e oficina literária para escritoras do III volume do livro "Infinitamente Mulher" (Casa do Poeta de Santiago, Centro Materno Infantil, Froilam de Oliveira)
14h: Invernada Chama Nativa/Grêmio dos Subtenentes e Sargentos da Guarnição de Santiago (João Ramos)
14h30/14h45: Invernada Mirim (CTG Coxilha de Ronda)
14h45/15h: Invernada Mirim (Grupo Nativista Os Tropeiros)
15h/15h45: Conversa com o escritor (Alcy Cheuiche/Sesc-Santiago)
15h50/16h10: Invernada Mirim (Piquete Irmãos Sagrilo)
16h15/16h30: Invernada Mirim (Rincão do pica-pau)
16h30/17h30: Show musical (Júlio Saldanha/Sesc-Santiago)
17h30/18h30: Espetáculo Teatral "Los Viajantes" (Armazém Cultura e Marketing/Sesc-Santiago)
18h40/20h40: Espetáculo Um passeio pela Música Brasileira (Deborah Rosa/Sesc-Santiago)
21h: Protocolo de encerramento da feira (SMEC)

Atividades durante o dia:
Animação Cultural
Cobertura com boletins diários da Rádio Santiago
Praça de Alimentação
SORTEIO DE BRINDES PARA OS COMERCIÁRIOS (os participantes tem que apresentarem seu comprovante de matricula do Sesc)

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

1ª Mostra de Arte e Cultura

0 comentários
(clique para ampliar)

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

VII Encontro de Escritores do MERCOSUL

0 comentários

A Casa do Poeta Brasileiro (POEBRAS), o Centro de Integração Latino-Americana (CILAM), a Casa do Poeta de Santa Maria (CAPOSM) e a Casa do Poeta de Santiago (CPS) estão organizando uma viagem turístico-cultural para Puerto Iguazu, Argentina, tríplice fronteira com Cidade Del Leste e Foz do Iguaçu, para os eventos VII Encontro de Escritores do MERCOSUL, IV Congresso Internacional de Educação e Literatura e II Encontro de de Produtores Culturais, que ocorrerá no auditório de um hotel 4 estrelas e no auditório do Parque das Cataratas de Iguazu (lado da Argentina).

Entre em contato e reserve a sua vaga!

Ziel

0 comentários
Vivo a andarilhar por esse deserto de matéria inerte desprovido de vida assim como eu. Tento em vão encontrar um ombro que me permita repousar a cabeça e descansar por breves instantes, nada encontro além do vazio esse que me engole e entorpece no decorrer dos dias.  A tanto tempo perambulo por estes vales sombrios da solidão, as vezes escuto gritos, me dá medo, são sempre estridentes, desesperados. Olho para os lados, nada vejo além da minha própria sombra opaca projetada sob o solo árido. 

Essa terra inabitada, meu lar, costumo chamar de morta, visto que nada cresce ou floresce. Terra morta é rodeada de pântanos e aqui nunca á dias de sol, prevalece apenas o inverno e o escuro sem fim. Terra morta é mãe dos rejeitados e abandonados pela vida. Aqueles que sobrevivem a terra, jamais serão os mesmos, a dor da ferida aberta, jamais cessa perseguindo seus filhos até o gélido sussurro da morte. Ontem quando uma estrela caiu, meu desejo foi conseguir chorar, agora as lagrimas que caem umedecem minha boca seca revelando assim que os gritos que eu tanto temia eram da minha alma sucumbindo por falta de amor.




* Para saber como divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago clique aqui. *

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Palavras e Ondas (31/08/2013)

0 comentários

Neste sábado entrevistaremos o músico santiaguense Marcus Manzoni, que está lançando seu 1º CD solo, 2 Anos Depois.

Sintonize 87,9, rádio Central FM, das 15:30h às 16:30h.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

1ª Conferência Municipal de Cultura

0 comentários

Nesta sexta, 09, acontece em Santiago a 1ª Conferência Municipal de Cultura, que vai reunir os diversos segmentos para debater uma política de Estado para a área e os desafios da implantação de um sistema, que pretende criar o Conselho de Cultura e Fundo para investimentos. O encontro será no Centro Cultural, às 18h e o Departamento de Cultura da SMEC convida todos a participar e dar sugestões.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Menina

0 comentários
No espelho do tempo
surgiu a menina
cabelos em tranças
com fitas em cor.
Não têm aflições,
nem sombra de dor.

Mais tarde, a menina
soltou os cabelos.
As fitas caíram
na estrada da vida.
Buscou a verdade
pedindo guarida.

As fitas sem cores
guardadas em caixas
registros, lembranças
amadas, um dia
na pura alegria
da vida-criança.

A história retoma
um ciclo de fatos...
Tocou os cabelos
envoltos em fita.
Sumiu  pelo vento
a meninabonita.

Ficou ao relento
a mulher mais atenta
ligada no tempo.
Silêncio, cuidado.
Com ar delicado,
prendeu os cabelos.

Cecilia Maria Pinto Pires
http://ceciliaphilos.blogspot.com.br
ceciliapires.pires@yahoo.com.br
Porto Alegre, RS



* Quer divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago? Clique aqui. *

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Sou eu o Louco

0 comentários
Estou refletindo Pai.
Estou refletindo sobre tudo.
Sou eu o louco.
Sacrifico as vidas de pessoas que amo em nome da minha loucura.
Sou eu quem não vai à praia, ao parque.
Sou eu que não passeio pela cidade, minha linda cidade.
Sou eu que não ando descalço, ou tomo banho de chuva, e não pinto a asa.
Sou eu que não sinto a morte alheia, mas “morro” de medo da minha.
Sou eu quem não dura em emprego
Quem não ganha dinheiro e se esconde no quarto.
Sou eu que não luto por medo do fracasso e por medo do fracasso não luto.
Sou eu Pai. Sou eu o louco. Ajuda-me...
Sei que tu usas as coisas loucas deste mundo
Mas quero ser um louco consciente; um louco coerente e sensato.
Um louco cheio de vida e alegria, que sorria todo dia.
Um louco abençoado e próspero, cheio de saúde.
Quero ser louco universitário, louco advogado, louco juiz.
Quero ser louco jogando xadrez com meu filho
Brincando de roda com minha filha
Fazendo loucuras de amor para minha esposa.
Oh Pai, não quero a loucura doentia, quero a loucura sadia.
Quero ser louco humano; sem medo de errar, ou errando sem medo.

Ivo Maranhão Costa
Olinda/PE



* Quer divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago? Clique aqui. *

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Escritor Márcio Brasil receberá homenagem na Câmara

0 comentários
Márcio Brasil e Oracy Dornelles

O atual presidente da Casa do Poeta de Santiago, escritor Márcio Brasil, será um dos homenageados na sessão solene que a Câmara de Vereadores promoverá no próximo dia 07 de agosto. Será feita a entrega de títulos de Cidadão Santiaguense e Cidadão Benemérito a 12 pessoas, como reconhecimento ao seu trabalho e histórico de vida. Márcio receberá o título de Cidadão Benemérito por conta de seu envolvimento na área da cultura. Os outros homenageados serão Genésio Turchetti, Ovídio Fiorenza, Heron Schutz Teixeira, José Antônio Lançanova, Manoel Regino Nunes Machado, Valderi Benetti, Jorge Damian, Dari Cazarteli e Éldrio Machado, com o título de Cidadãos Santiaguenses. E, Marco Peixoto e Aparício Fontela dos Santos, como Cidadãos Beneméritos.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Pasini lançará o "77"

0 comentários
O escritor Giovani Pasini vai lançar o livro “77”, que é o número de crônicas e contos seus publicados no jornal Expresso Ilustrado, onde assina uma coluna. Em Santiago, o lançamento de sua oitava obra literária será na Estação do Conhecimento, no dia 16 de agosto, às 19h. Apoio da SMEC, Cilan e Casa do Poeta Brasileiro (Poebras). Depois disso, Pasini deverá lançar “77” na Feira do Livro, que acontecerá de 24 a 27 de outubro.

Arlete Gudolle Lopes lançará seu livro

0 comentários
Neste sábado, 03, a escritora Arlete Gudolle Lopes lançará no Centro Cultural o seu primeiro livro de contos, chamado "O Inquietante Perfume de Cravos". A obra reúne vários contos de amor, dor e vida, inspirados em diferentes momentos da vida da escritora, uma veterana no universo das letras, professora, poetisa e exímia contadora de histórias. O lançamento será às 19h.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Palavras e Ondas (27/07/2013)

0 comentários

No programa deste sábado nossa convidada será a professora Arlete Gudolle Lopes que está lançando o seu primeiro livro: O Inquietante Perfume de Cravos.

Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.
Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI.

O anunciar de uma grande noite

0 comentários
O anunciar de uma grande noite
Silencio que sufoca gritos e sofrimento.
Pensamentos inúteis, rodeados de palavras que não fazem sentido algum.
Preciso de tua voz, sua voz que se faz uma música em minha mente
Necessito de seu corpo frio junto ao meu
Beijos, toques de caricias, sonhos.
Desejos, sentimentos, ainda vivem aqui.
Meu olhar fixo em seus sonhos, nos seus olhos
Que se remetem a outra direção.
E essa noite será assim
O que vivo, o que sinto
A música que ouço é o silêncio.

Jeferson Silva
jefersonsilvaaa@hotmail.com
Santiago - RS



* Quer divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago? Clique aqui. *

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Bofetadas da vida

0 comentários
Tantas bofetadas da vida recebemos,
Assim como do destino, milhares de pedradas
Que nossa alma deixa dilacerada.
Lembramo-nos, então
Da essência do perdão
E nas feridas a espargimos
E elas logo serão cicatrizadas,
Embora, bem lá no fundo,
Permaneçam resquícios de mágoa
E desilusão.
Deveríamos ter em mente
Que o perdão só é completo,
Se vier acompanhado do esquecimento
........................................................
Fácil é perdoar...
Difícil é esquecer!

Antonia Nery Vanti (Vyrena)
vyrena@terra.com.br
Porto Alegre/RS



* Quer divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago? Clique aqui. *

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Escolhido o patrono da Feira do Livro de Santiago

0 comentários

O escritor Froilam Oliveira será o patrono da 15ª Feira do Livro de Santiago, que acontecerá de 24 a 27 de outubro. A escolha aconteceu nesta terça-feira, à noite, em reunião na Estação do Conhecimento, com a participação de vários escritores locais e representantes de entidades culturais. A indicação do nome de patrono partiu de Fátima Friedrieczewski, que foi patrona da feira no ano passado, e todos concordaram. Froilam se mostrou surpreso com a acolhida e disse que trabalhará pelo sucesso do evento, reconhecendo-se um apaixonado pela literatura e revelando que possui uma biblioteca com mais de 200 livros. Froilam de Oliveira é autor dos livros Ponteiros de Palavras, Vozes e Vertentes e O Fogo das Palavras.

O homem de lata

0 comentários
Fora criado por um velho cientista louco com o intuito de sanar a ferida que a solidão o deixara durante a vida. Durante 7 dias e 7 noites a única coisa que  fizera foi se dedicar a criação de sua obra prima. Utilizando de toda tecnologia que o dinheiro cera capaz de comprar deu vida, conhecimento e dons aquele que lhe faria companhia durante a velhice, seu único filho o homem de lata.

De todos seus inventos ele era seu maior orgulho. Forte e dotado de uma inteligência notável o boneco de lata era capaz de encantar qualquer ser vivo que pisara na terra. Conhecia todos os contos e dominava todas as línguas criadas pelo homem além de possuir o dom da musica sendo capaz de invejar o mais prestigiado musico, mas ele não conseguia entender o motivo do vazio que por vezes o dominava. Tudo lhe era automático, os gestos, os sorrisos, nada o tocava, das musicas que conhecia de cor desconhecia o motivo das lágrimas contida nos olhos de quem o ouvia, muitas vezes lera sobre afeto, mas nunca soubera senti-lo então resolvera pedir ao pai que realizasse seu único sonho, pediu a ele que o programasse de tal forma que fosse capaz de sentir.

- Só podes sentir se um coração ter. o cientista diz
- Dá-me um coração pai!
- Me peça o mundo, mas não aquilo que jamais poderei te dar. 

Com uma chave de fenda e a destreza das mãos o cientista abriu o peito do homem de lata revelando assim um mecanismo de pontas e laminas que em ciclos batia num compasso perfeito e inerte.

- Veja teu coração é como pedra, jamais amará ou permitirá que sintam amor por ti, porque sentir qualquer coisa seria tua morte.

Lágrimas ou restos de óleo não se sabe, começaram a cair dos olhos do homem de lata, desde então trancou-se em uma torre e põe-se a cantar até o dia que  a ferrugem lhe roubara a vida. Até hoje os habitantes do pequeno povoado contam que a melodia de suas canções de tão triste era capaz de tocar o mais gelado coração fazendo-os lembrar do quão sortudo são por nascerem com um.




* Para saber como divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago clique aqui. *

terça-feira, 11 de junho de 2013

O caminhante de rua

0 comentários
Ontem o encontrei novamente, quando praticava minha caminhada matinal. “ O Caminhante de Rua”,prefiro chamá-lo assim, pois  nunca o vi fazendo parte de algum grupo de viciados, em álcool ou droga, nem é fumante, tampouco  soube que é pedinte. Porte alto, moreno, sempre com o olhar perdido, cabelos grisalhos, hoje algo brilhantes, não sei se por tê-los molhado ao lavar-se ou o orvalho da noite tenha contribuído para que ficassem assim, cobertor sobre os ombros, suas roupas como sempre, dignas, não sendo sobmedida, também não são rotas nem maltrapilhas. Junto a sua perna esquerda, o cão, preto com uma mancha branca na pata traseira esquerda, atento, educado, pois não late ou corre fazendo alarde com as matilhas que perambulam próximo a elevada do trem metropolitano que corta nossa cidade.
Dizem tratar-se de um militar, que por fatalidade deixou uma granada em lugar indevido, causando um acidente que mutilou para sempre um jvem soldado sob seu comando, condenado em inquérito militar passou a viver, como seu olhar perdido, em um mundo distante.
Quando das vezes anteriores em que nos cruzamos, sempre o cumprimentei, recebendo de volta um cordial, mas seco bom dia. Porém desta vez algo mudou, ao nos aproximar, olhei-ode frente e como  sempre lhe dirigi um...
- BOM DIA!!!
 Não respondeu, no entanto abriu um largo sorriso, fazendo com que eu me sentisse parte de seu mundo perdido. Iluminou o meu dia.

Paulo Walmir Assunção Vargas
pwargas@hotmail.com
São Leopoldo - RS





* Para saber como divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago clique aqui. *

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

sábado, 1 de junho de 2013

E-mail recebido: Santiaguense organiza antologia em São Leopoldo

0 comentários
Jandira Weber, Presidente do Centro Literário de São Leopoldo e W. F. Aquino, Organizador da Antologia Plêiade.

Saudações amigos e conterrâneos

No dia 15 de maio último, tivemos oportunidade de lançar, juntamente com 18 amigos, a antologia Plêiade (Prosa e Poesia), da qual somos Organizador e Revisor. 

Autores  participantes:
André Andrade, Elvira Hoffmann, Erony Flores, Frei Tas, Ivanir Panarotto, J. G. Ribeiro, Jandira Weber, Justino da Costa, Luís GB Soares, Mardilê Friedrich Fabre,  Maria Cristina Aquino,  Marli Blankenheim, Marly Leiria, Olga Farina, Renate Gigel, Roberto da Silva, Vera Lúcia Melo, W. F. Aquino, William Trajano de Andrade Costa

Waldui de Freitas Aquino
e-mail: aquinosul@gmail.com
Blog: aquinosul.blogspot.com.br
Naturalidade: Santiago, RS
Residência: São Leopoldo, RS

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Palavras e Ondas (18/05/2013)

0 comentários
Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.
Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI.

Quero acreditar que...

0 comentários
Quero acreditar que quando me olhas nos olhos
Vejas refletir nos meus olhos a luz do teu olhar
Quero acreditar, que quando me acariciar
Sinta em suas mãos o calor que sai de meu corpo
Quero acreditar, que quando zangada ficaste
Um grande aperto em teu peito te impeça de respirar
Pois se eu sou você e você  és eu
Deves profundamente sentir aquilo que senti
Aquilo que eu senti quando injustamente
Sem, ou por querer, em um determinado momento
Ao qual foste mais tu e menos eu
Meu amor, sem querer, minha sensibilidade ofendeu-se.

Jeferson Silva
jefersonsilvaaa@hotmail.com
Santiago - RS



* Para saber como divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago clique aqui. *

sábado, 11 de maio de 2013

Viagem Turístico-Cultural para Buenos Aires

0 comentários
A Casa do Poeta de Santiago está programando uma viagem cultural, para Buenos Aires, Argentina, nos dias 04 a 07 de julho de 2013.

Iremos de Microonibus: O referido micro conta com 22 lugares, ar condicionado, calefação, bagageiro, poltronas soft, CD, DVD, banheiro, frigobar e cafeteira.

Há a previsão de passeios turísticos (iremos transitar com o ônibus) pelos principais locais da cidade.

VAGAS LIMITADAS!

VI Semana Literária de Santiago

0 comentários

Palavras e Ondas (11/05/2013)

0 comentários
Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.

Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI.

Nós

0 comentários
A vida nunca poderá ser resumida.
Ela é tão cheia de tropeços e às vezes é preciso nos assegurar em apoios
Que por vezes ou outras não estarão mais ali.
Não se devia chamar vida, devia se chamar sonhos.
Os nossos sonhos serão nossas bases para nosso futuro
 Será um passado de um presente que fica, ficou e ficará.
Somos um sonho desfeito, com defeitos, com deslizes.
Em busca de um labirinto perfeito e imperfeito
Para que ali, possa se viver.
Somos-nos o que queremos ser
Mas antes de ser tudo isso
Não esqueça que sou igual a você.

Fernanda Pinheiro de Lima
fernandapinheirolima@hotmail.com
Santiago, RS


 
Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
 ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Convite

0 comentários

O Delrey

0 comentários
Um pouco por nostalgia, outro tanto por segurança, e certamente por sua confiabilidade e conforto, gosto muito de carros antigos. Sou atualmente proprietário de um DELREY Guia, ano 88, com 356 118 Km rodados e pronto para rodar outros tantos. Já tive outro da mesma linha, mas cometi a besteira de vendê-lo, trocando-o por um modelo mais moderno, com maisvelocidade, mais aparência, não deu outra, fomos assaltados, levaram o carro, sumindo na mesma proporção do pique de seu velocímetro. Se fosse o Delrey, não haveria problema, ninguém quer.
      Nas estradas, os motoristas desse tipo carro sempre levam vantagem, se for uma raridade,bem cuidado e polido, os demais dão passagem só para admirá-lo, já no meu caso, eles fazem o mesmo, porém com outro cuidado:
     - Lá vem um velho num DELREY, é um perigo, vou deixar ultrapassar.
      Esses condutores é que não sabem, mas esse modelo já vem com quase todos os itens de     um automóvel moderno, são elétricos os vidros, também a tampado amplo porta-malas, sinalizador de portas abertas, relógio digital, etc..., a parte da lataria, se bem cuidada, não enferruja nunca, também não há motivo para gastos com troca de dois em dois anos, e agora a maior vantagem de todas: qualquer mecânico conserta.
     No estacionamento em uma festa, por exemplo, podem notar, os olharesvoltar-se-ão pri-meiro para os automóveis mais antigos, depois para os demais, já que estes últimos tornaram-se comuns. Acostumei-me com as pessoas nos observando, porém dia desses ocorreu um fato que me deixou intrigado.
     Estou estacionando em frente de uma loja, lá no centro, quando ouvi o seguinte diálogo entre duas belas garotas:
     - Até que não é tão velho... – Disse a primeira.
     E a outra completou:
     - O CARRO.
    Não entendi bem o porquê, mas em todo caso...

Paulo Walmir Assunção Vargas
pwargas@hotmail.com
São Leopoldo - RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
 ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Geração Clichê

0 comentários
Emaranhados na teia da vida trilhamos a passos lentos caminhos que desconhecem o fim. Durante essa jornada vestimos a armadura, aprendemos por medo a segurar as lágrimas e a esconder o que sentimos. Não é permitido fraquejar, vivemos para ser fortes, mas por vezes esquecemos o quão frágeis somos.

 Meras crianças condenadas a labirintos de sonhos, contradições, presas  a um ciclo eterno de amores e decepções, seguimos em universos paralelos encarcerados por nossas próprias prisões de liberdade. Sobrevivemos alimentados do egoísmo ditado pelo sistema e desaprendemos aquilo que temos de mais belo, o dom de amar sem motivos aqueles que nos cercam porque os mesmos são feitos de carne, osso, porque é uma vida e somos iguais.

Rotulados, embalados em roupas de marca o que mais tem torna-se superior. O abraço sincero, o beijo no rosto, o olho no olho são deixados de lado para dar espaço a uma ditadura de aparências onde status e futilidades se sobressaem. Até quando viveremos assim desorientados, distantes do que nos faz diferentes? Onde estarão aqueles que valorizam a essência? Será que o “humano” é uma espécie em extinção?


Angélica Erd 
Santiago, RS


Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

terça-feira, 7 de maio de 2013

filha da natureza

0 comentários
De que pétala foste exilada?
qual essência que te pariu?
que inexpressivo secreto te jogou neste mundo?
quantas rosas fez sentir entre mais de um sentir?
foste a respiração das rosáceas entre dois grãos de areia?

Qual aroma que te transformou em saudade?
que dia mesmo entre as datas que te jogaram na terra?
que saudade que te transformou em presença?
tua saudade é que nem a vontade de comer, a fome?
quem me dera comer tuas peças florais todos os dias!
degustando, então a tua presença?

Que isso e que aquilo?
és a respiração do mundo convertida em silêncio?
também és a filha das naturezas?
desejo tocar, sentir, pegar, desejo ser…
deixo que sejas a natureza
posso fazer isso?
posso te fazer sendo a biodiversidade?
posso te cheirar para lembrar o teu perfume?
posso te comer quando sentir tua saudade?
posso te olhar quando estiver com os olhos fechados?
posso embelezar meu quintal com teu corpo floral?
posso te arrancar os espinhos quando estiver errada?
posso te regrar quando sentir minha sede?
posso plantar réplicas de ti quando no meu vaso bater a carência?
posso te fazer a vida?
as plantas, a terra, os frutos, a água, o fogo, o ar?
posso te fazer minha alma, o corpo nu, o espírito?
posso te fazer A NOSSA VIDA?
isso lhe assusta?
no início parece que preciso de toda a tua vida
mas na verdade, eu só quero uma sementinha de ti…
pra gerar nossa prole…

Nome: Camila Canterle Jornada
camila.cj@globo.com

www.camilajornada2.blogspot.com
Santiago, RS




Se você quiser divulgar seu trabalho neste espaço, envie um e-mail para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

poesia

0 comentários
sinto e insisto
em desejar o mito
do amor etéreo
do amor sem dor
nesta quimera
quisera a fera
saltar do peito, arrebatador
vou navegar
ou me afogar no mar
dos olhos verdes que só ele tem
a vida é curta
embora surta
momentos de inspiração
para criar,
para perpetuar
toda loucura
toda essa paixão
sendo fogoso
ou sendo penoso
sinceramente
amar é vilhoso.

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

terça-feira, 23 de abril de 2013

ocaso de um caso

0 comentários
quarto escuro
incenso
nós dois.
abismo.
palavras poucas,
fim dos sonhos
vai, busca tua felicidade
leva contigo o MAR
COr  dos teus olhos.
é difícil dizer o quanto te amo
palavras faltam
nó na garganta
no final amigos.
esperança?!

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

revelação

1 comentários
no espelho,
revelo segredos
quase indecentes
e lábios incandescentes
ingenuidade
é meu jeito
de ter malícia
sem ter maldade,
flores entre meios,
beijos entre seios...
e um toque louco entre um e outro.
pra mim
trocar de amores
é tão difícil
quanto trocar de olhares
tenho pouco juízo,
doidivanas,
olhos vorazes
mãos profanas,
às vezes bela,
às vezes fera
gata que vira pantera

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Fotos da posse da nova diretoria da Casa do Poeta de Santiago

0 comentários
Para conferir todas fotos, acesse:
http://www.nosnafoto.biz/2013/04/posse-da-nova-diretoria-da-casa-do.html

terça-feira, 9 de abril de 2013

Convite: cerimônia de posse da nova diretoria da Casa do Poeta de Santiago

0 comentários
São apoiadores deste evento:
- Círculo Militar de Santiago
- Fasp Art (Decorações)
- Marx - Sonorizações
- Padaria e Confeitaria Fronteira
- Rádio Central 87.9 FM

sábado, 6 de abril de 2013

Palavras e Ondas (06/04/2012)

0 comentários
No programa deste sábado entrevistaremos Tiago Gorski Lacerda, Secretário de Gestão de Santiago, que abordará os aspectos positivos do II Fórum Municipal Pró-Desenvolvimento de Santiago.

Contaremos, também, com a presença do novo diretor da Casa do Poeta de Santiago, o professor Ronaldo Gomes, que falará sobre a sua expectativa em entrar para entidade e a respeito de alguns projetos culturais.

Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.

Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Atitude

0 comentários
Noite fria, vi um bicho
Comendo sobras de lixo
Enrolado em pouco pano
Porque a rua estava escura
Não sei se tal criatura
Era bicho ou ser humano

De meus olhos gota escorre
Vendo que ninguém socorre
Então da consciência escuto:
“Não basta sentires pena
Quando te choca uma cena
Debaixo de algum viaduto”!


Mas meu Deus o que é que faço
Eu tenho apenas dois braços
Trabalho me dá canseira.
“Vai, reúne cada amigo
Dos que convivem contigo,
De segunda a sexta feira”!


“Está faltando atitude !
Pra que muita coisa mude
Atenção, escuta, grava:
Instiga ações mais fraternas
Tens dois braços, duas pernas
Tens o poder da palavra”!


Waldui de Freitas Aquino
aquinosul@gmail.com
aquinosul.blogspot.com.br
São Leopoldo, RS


 

Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

No tempo dos uniformes

0 comentários
Diariamente tomamos conhecimento através imprensa, de como a violência esta se proliferando rapidamente dentre algumas escolas, principalmente as de segundo grau, tanto públicas como particulares.  É aluno portando arma, professores sendo  desrespeitados, uso de drogas, os “bondes”, um sem fim de barbáries. E sempre surgindo uma “moda” nova, a atual, importada dos americanos: o “BULLING”. Assim chamada, poderemos tratá-la como se estivéssemos no primeiro mundo.
Mas não é disso que quero falar.
Em minha cidade natal, Santiago – RS, na década de 50, entre todas as escolas do município, duas se destacavam: a ESCOLA NORMAL NOSSA SENHORA MEDIANEIRA e o GINÁSIO ESTADUAL CRISTÓVÃO PEREIRA, grandes rivais nos desfiles de 7 de Setembro. Qual seria a melhor banda?  Quem sairia vencedor do desfile daquele ano? E não passava disso a discordância entre a estudantada.
A Escola Normal até hoje é administrada por freiras, e continua localizada no mesmo lugar. Quanto ao Ginásio Estadual foi transferido, sendo construído um novo em outro local da cidade. Quando da antiga localização do Cristóvão Pereira era praticamente “obrigatória” a passagem, de mais da metade dos estudantes, de ambos os educandários, pelo meio da Praça Getúlio Vargas. Imaginem um L, na perna maior, a quatro quadras de distância de uma das  esquinas do logradouro, esta situada a escola Normal, na direção da perna menor localizava-se o antigo Ginásio.
Em todo o largo, margeando os canteiros e sobre um calçamento estilo “Copacabana”, estão até hoje colocados inúmeros bancos.
Naquela época era obrigatório o uso de uniforme nas instituições de ensino, o das meninas, era assim: Colégio das Freiras- blusa branca listrada de azul, saia azul-marinho, meias brancas e SAPATOS pretos. Cristóvão Pereira - blusa branca, saia cáqui, SAPATOS pretos  e meias brancas.
A gurizada ficava estrategicamente sentada, esperando a passagem das alunas, normalmente vinham em grupos de cinco ou seis amigas, todas elas no maior papo, alguns sussurros e olhares esguios, mas ao confrontarem-se com o pessoal dos bancos, quase sempre um deles falava alto:
-A MAIS BONITA É A DE SAPATO BRANCO!!!
Nunca falhava, sempre uma ou duas dirigiam um rápido olhar para os pés.
 Bons tempos aqueles.

Paulo Walmir Assunção Vargas
pwargas@hotmail.com
São Leopoldo - RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
 ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Casa do Poeta elege nova diretoria

0 comentários
Desde que surgiu em 2009, a Casa do Poeta de Santiago trabalha bastante na área cultural em Santiago, valorizando os escritores veteranos e incentivando os novos talentos. Já promoveu vários saraus, fóruns, semanas literárias, integração com países do Mercosul, lançamento de livros, participação em feiras etc, sendo uma entidade muito atuante. Neste sábado, houve a eleição da nova diretoria da entidade, que desde 2011 era presidida por Márcio Brasil e agora volta a atuar sob o comando de Giovani Pasini. A posse da nova diretoria está prevista para o mês de abril, em data ainda não marcada, com a realização de um jantar de confraternização.

A nova diretoria: presidente: Giovani Pasini; vice: Márcio Brasil; diretor administrativo: Vanderlei Machado; 1ª Secretária: Fátima Friedriczweski; 2º Secretário: Ronaldo Gomes; 1º Tesoureiro: José Adilmo de Lima; 2º Tesoureiro: a definir; diretora de Cultura e Literatura: Lígia Rosso; diretora de História e Memória: Nuraciara Xavier; diretora de Patrimônio: Karla Pasini; diretora de Eventos: Andriéle Machado; diretora de Marketing: Tainã Steinmetzn e diretora Jurídica: Maristane Couto Pedroso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...