quarta-feira, 24 de abril de 2013

poesia

sinto e insisto
em desejar o mito
do amor etéreo
do amor sem dor
nesta quimera
quisera a fera
saltar do peito, arrebatador
vou navegar
ou me afogar no mar
dos olhos verdes que só ele tem
a vida é curta
embora surta
momentos de inspiração
para criar,
para perpetuar
toda loucura
toda essa paixão
sendo fogoso
ou sendo penoso
sinceramente
amar é vilhoso.

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...