quinta-feira, 30 de setembro de 2010

27° Cafezinho Poético

0 comentários
LOCAL: sede da Casa do Poeta de Santiago, rua Silveira Martins, 1432, Santiago, RS (próximo ao Mercado Camelo).
DATA: 2 de outubro de 2010, sábado.
HORÁRIO: 20h.

Evento aberto ao público. Participe!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Escada

0 comentários

Ligia Clark

14º Santiago Encena

0 comentários
Confira a programação:

Dia 06 de outubro de 2010 – Quarta-feira
20h – Entrega do troféu Caio Fernando Abreu para Rosane Vontobel, destaque na literatura; Dinorá Campelo, destaque na Cultura e Líria Suzana Canterle Farina, destaque na educação.
21h – Espetáculo de Abertura: “LA PERSEGUIDA” – Teatro VagaMundo – Santa Maria/RS. (foto acima).

Dia 07 de outubro de 2010 – Quinta-feira
14h – Espetáculo Infantil: “Sonhos e Pesadelos” – Grupo Despertando Talentos – Santiago/RS.
15h 30min – Espetáculo Infantil: “Rosa Solteirinha, Solteirona” – Grupo de Teatro Oficina - Carazinho/RS.
19h – Espetáculo Adulto: “A Mulher sem Pecado” – Dom de Semblantes Cia Theatral – Santiago/RS.
21h – Espetáculo Adulto: “Fando e Lis” – Grupo Ponto e Vírgula – Itaqui/RS.
22h 30min – Espetáculo Adulto: “As Linhas de Elise” – Entrelinhas Cia de Teatro – Santa Maria/RS.

Dia 08 de outubro de 2010 – Sexta-feira
9h – Espetáculo Adulto: “Ano Novo, Vida Nova” - Grupo Tio Pedro – São Francisco de Assis/RS.
11h – Espetáculo Infantil: “Os brinquedos as Mafalda” – Grupo Artemágika – Santiago/RS.
14h – Espetáculo Infantil: “Torta de Baunilha” – Grupo Teatral Tá Rolando Arte – Rolante/RS.
15h – Espetáculo Infantil: “Angélica” – Grupo Tá Nascendo Arte – Rolante/RS.
16h 30min – Espetáculo Infantil: “A Roupa Nova do Rei”- Grupo Peppe Company – Santo Ângelo/RS.
20h – Espetáculo Adulto: “Meu cupido, meu amor” – Grupo Teatral Leva Eu – Viamão/RS.
22h - Espetáculo Adulto: “As Criadas” – Grupo Peppe Company – Santo Ângelo/RS.

Dia 09 de outubro de 2010 – Sábado
9h – Espetáculo Adulto: “O Urso” – Assoc. Teatral Àgora Téspis – Uruguaiana/RS.
11h – Espetáculo Adulto: “Enquanto mamãe não Morre”- PROART – Produções Artísticas – Santa Maria/RS.
14h – Espetáculo Infantil: “Encanto e Cacarejo” – Grupo La Trupe Azul – Carazinho/RS.
16h – Espetáculo Adulto: “O Abajur Lilás” – Grupo Teatro por que não? – Santa Maria/RS.
21h – Encerramento do 14º Santiago Encena – Premiação e Show Musical.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

A Casa e Caio Abreu

0 comentários
A inauguração da sede da Casa do Poeta de Santiago, Casa Caio Fernando Abreu, repercutiu em toda imprensa gaúcha. Desde o nosso Expresso, até os jornais Diário de Santa Maria, A Razão, Zero Hora, o portal Terra e também a TV COM. A grande repercussão não foi tanto pela criação de um novo espaço cultural, mas pelo reconhecimento merecido que o Caio recebeu. Há algum tempo, quando percorri as livrarias e sebos de Santa Maria, buscando livros dele, deparei-me com o livreiro do sebo-café dizendo: "As obras do Caio? Não param na prateleira. Vai ser difícil o amigo encontrar." Dito e feito. Somente consegui duas republicações novas da LP&M, mais nada. Em 1994, quando estava na Academia Militar, li "O Ovo Apunhalado", uma coletânea de contos. Por que? Eu achava que ele era porto alegrense e quis o livro de um gaúcho. Só descobri que o Caio era da "Terra dos Poetas" em 2006, apresentado pela professora Rosane Vontobel. O que penso da obra de Caio? Ele é um mestre em dizer muito, escrevendo pouco. O leitor transita da raiva para emoção em segundos. Do riso ao pranto. Homenageando essas e outras qualidades artísticas é que estamos em contato com a sua família, para obtermos alguns objetos para exposição permanente. O tempo passou e Caio F. possui uma Casa. Tenho certeza que a alma dele desliza de patinete em nuvens de algodão pelo reconhecimento merecido da cidade natal deste grande escritor.

Giovani Pasini, presidente da Casa do Poeta de Santiago

SMEC prepara a Feira do Livro 2010

0 comentários

O escritor Jayme Piva foi escolhido para ser o patrono da Feira do Livro 2010, que vai acontecer de 18 a 21 de novembro, em Santiago. A reunião para a escolha aconteceu nesta semana com a presença dos escritores Fortunato Oliveira, Cida Azzolin, Therezinha Tusi, Fátima e Nuraci Friedriczewski, Gibelino Minussi, Lise Fank, Ilma Bernardi e integrantes da Casa do Poeta de Santiago. A secretária de Educação, Denise Cardoso, ressaltou que esta será a maior edição já realizada da Feira do Livro, que acontecerá na praça central.

Blog dedicado ao Caio faz homenagem à Casa do Poeta

1 comentários

Suely Montenegro fez uma postagem em seu blog "Retalhos" sobre a inauguração da sede da Casa do Poeta. Para conferir, clique aqui.

A Suely é de Campo Grande, Paraíba, e seu blog contém fragmentos dos escritos de Caio Fernando Abreu. Excelente para quem ainda não conhece a obra deste grandioso e brilhante escritor.

A Casa do Poeta agradece pelo carinho vindo lá do nordeste!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Como uma Onda

0 comentários

Pietrina Checcacci

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Diário de Santa Maria publica matéria sobre a Casa

0 comentários

Edição de terça-feira, 21 de setembro.

Marinha

0 comentários
Vincenzo Cencin

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Carta-Convite: Associação de Amigos Caio Fernando Abreu

0 comentários

Caio Fernando Abreu teve muitos amigos durante sua vida. Com 15 livros publicados, além de antologias e obras traduzidas, ele foi, e é, referencia para muita gente desde a década de 70. Hoje, 14 anos após sua morte, o número de fãs não para de crescer. Na internet dezenas de pessoas publicam diariamente passagens de seus textos em sites e blogs, e apesar de Caio não ter vivido para ver a internet tomar conta da rotina das pessoas, seu nome é frequente em redes sociais como Facebook e Twitter.

Com o objetivo de preservar sua memória e homenagear esse homem que tanto nos ensina e alimenta por meio de contos, crônicas e pensamentos, reunimos forças para a criação da Associação de Amigos do Caio Fernando Abreu (AACF).

A ideia surgiu quando a casa onde Caio viveu seus últimos meses de vida, em Porto Alegre, no bairro Menino Deus, foi posta a venda. Quem conhece o trabalho e a história de Caio Fernando Abreu sabe bem a importância que esta casa teve em sua vida. As histórias da infância, o jardim, a família, e depois a aids e tudo mais.

Enquanto CaioF ganha espaço na internet e editoras publicam novas edições de todos os seus livros, a história da vida do escritor corre o risco de se perder no tempo. Para não deixar que isso aconteça, estamos nos organizando para transformar esta casa no Centro Cultural Caio Fernando Abreu, um espaço onde a obra e a biografia do autor sejam disponibilizadas, um local onde o Caio possa viver.

Dessa forma, a criação da AACF se faz necessária para que possamos nos organizar de maneira a exercer atividades na forma de pessoa jurídica, e assim poder inscrever um projeto cultural e batalhar fundos necessários para a fundação do Centro Cultural. Sabemos que a comoção virtual é grande, e que muita gente se disponibiliza a ajudar, participar e divulgar a Campanha, mas, precisamos de sócios, amigos, gente que possa contribuir na prática com a Associação.

Até agora já temos um Estatuto, uma ATA de fundação, uma diretoria formada por 12 pessoas, e um corpo de sócios formado por 6 associados. Precisamos fechar este grupo, recolher assinatura de todos, e dai registrar a Associação na prefeitura de Porto Alegre e no cartório.

Estou enviando em anexo a ATA e o Estatuto para que fique claro o nosso objetivo. O projeto para captação de recursos também já esta sendo elaborado, e será encaminhado para o corpo de sócios tão logo a AACF seja oficializada. Quem tiver interesse em participar, por favor, envie um email com:

Nome completo:
CPF:
Estado civil:
Profissão:
Endereço:
Telefone:

Toda contribuição é bem vinda. Repassem este email e enviem ideias, sugestões, opiniões e tudo quanto vocês tiverem para oferecer.

Liana
www.lianaefe.blogspot.com
www.fotolog.net/lilicabolero
skype, twitter e facebook - liana farias

Educação é progresso!
- Luz, paz, amor e axé.


Casa do Poeta no Diário de Santa Maria

0 comentários

A coluna Zoom, escrita pelo jornalista Francisco Dalcol, no jornal Diário de Santa Maria publicou reportagem sobre a inauguração da sede da Casa do Poeta de Santiago, Casa Caio Fernando Abreu. Confira clicando aqui.

O livro do seu Antoninho

0 comentários

O diretor administrativo, César Braga, representou a Casa do Poeta durante o lançamento do livro de Antônio Duarte. Aos 80 anos, o ex-vereador lançou a obra Peão de Estância, que reúne poemas e contos do autor. São 56 páginas, que retratam um pouco da vida de Duarte, destacando suas vida campeira e simples. Vários amigos do autor prestigiaram o lançamento ocorrido no Centro Cultural. O livro está sendo vendido a R$ 10 e pode ser comprado na Casa do Poeta de Santiago, que se localiza na rua Silveira Martins, 1432.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

A dor de uma traição

1 comentários
Não era exatamente um abraço que ela queria.

Apesar de ser casada, Joana sentia uma forte atração por seu mais novo amigo, Guilherme, um homem que começara trabalhar há pouco tempo na mesma empresa que ela trabalhava.

Na primeira festa juntos, ela recebeu apenas um abraço. Irada ela tomou um porre pra afogar a mágoa de não ter seu atual desejo realizado. Ao fim da festa mais um dos vários e simples abraços novamente.

- "Mas que Droga! Será que ele não percebeu em mim?" - pensava Joana em lágrimas. Então saiu com os pés descalços pela rua fria, na noite escura com o pensamento firmado em sua nova ilusão.

Quando Joana chegou em casa, bêbada, toda suja e cheirando a wisk e cigarro, Diego, seu marido se apavorou, pois ela nunca tinha aprontado façanha tão grande.

- "O que as pessoas vão pensar? O que os vizinhos irão dizer? Com que cara eu vou olhar para os outros com uma esposa que chega de madrugada em casa e por cima bêbada?" - perguntava Diego para Joana aos berros, tomado pela fúria, enquanto dava um banho de água fria nela.

No dia seguinte, Joana, com uma senhora dor de cabeça, teve que ir trabalhar, arrasada com a derrota do dia anterior com Guilherme.

Chegando na empresa, Antônia, sua melhor amiga lá dentro lhe conta que Maria Eugênia, a faxineira foi demitida e que naquela noite haveria uma festa de despedida com todos os funcionários e empregados da firma.

Joana disse que estava muito cansada e com muita dor de cabeça e que não iria a tal festa. Pouco tempo depois, houve um estalo na cabeça de Joana:

- "Essa é a chance da minha vida, se eu não for a essa festa talvez eu não tenha meu amor... Nunca mais!" - pensou Joana ao mesmo tempo que virou para Antônia e perguntou:

- "Tonia, você sabe se o Guilherme vai à festa?"

- Vai sim, ora se ele vai perder essa festa, você está louca?' - respondeu Antônia afastando-se de Joana pois já encerrado seu horário.

A cada segundo que se passava, Joana tinha mais certeza de que gostava profundamente de Guilherme e agora ela já sabia o que tinha de fazer.

Quando encerrou seu horário na empresa, Joana foi rapidamente pra casa deixando de lado as vitrines e promoções do shopping, pegou uma mala e colocou nela todas as suas roupas e colocou pela janela para o lado de fora e escreveu uma carta para Diego, dizendo que estava saindo de casa pois acabara de conhecer o verdadeiro amor de sua vida. E também dizia que ela fora muito feliz nos cinco anos de casamento e que nunca esquecerá dele.

Feito isso, arrumou-se para a festa, pôs a carta na geladeira, foi até a porta, olhou para traz, fechou os olhos e saiu.

Pegou a mala e foi para um hotel, deixando lá suas roupas para poder ir a festa.

Chegou a festa e lá estava seu amado Guilherme e, quando se abraçaram ela sussurrou no seu ouvido:

- "Hoje você será presenteado e será inesquecível"

Guilherme não entendeu muito bem mas deu bolas, porém eles trocaram olhares a noite inteira.

Quando ele foi para fora do salão, discretamente ela foi atrás e lá, ela chegou de um geito tão atraente e envolvente que ele acabou sendo seduzido pela moça e se dirigiram para o hotel.

Pouco tempo depois eles chegaram no hotel e entraram no quarto que Joana havia alugado e começaram a se beijar num clima ardente, quando Guilherme falou:

- "Joana, você é muito legal, eu gosto muito de você mas você precisa saber que eu..."

- "PSHHH... - interrompeu Joana - não fala... não fala nada, apenas sinta"

E passaram a noite inteira daquela maneira, se amando como se fossem os únicos a existirem naquela noite, até que adormeceram.

No dia seguinte, ao acordar-se, Joana levou um susto ao tentar abraçar Guilherme na cama sentindo apenas sua ausência.

Joana ficou assustada, pois era domingo e não tinham de ir trabalhar, então ela começou o chamar por Guilherme e a correr por todos os lados do quarto quando seus olhos viram uma folha branca destacar-se numa mesa redonda de cor preta.

Joana pegou aquela temida folha e começou a ler, até parecia que ela estava escutando a voz grave e rouca de Guilherme, que estava escrito o seguinte:

" Querida Joana, desculpe-me mas eu vi o seu diario e acabei lendo, e eu não sabia que você gostava tanto de mim e ainda estou confuso e assustado pela loucura que você fez por minha causa, mas eu tentei te avisar ontem que eu sou casado com Maria Eugênia mas você não me deixou terminar de falar e agora estou indo embora junto com minha mulher para a cidade natal dela. Sei que deve estar sendo difícil para você acreditar e suportar isso mas eu não tenho escolha, eu amo muito a minha esposa e não queria traí-la, mas se você quizer me ver pela última vez venha ao aeroporto que meu avião sairá as 15 horas. Beijos e abraços do seu amigo e colega Guilherme."

Ao terminar de ler, Joana estava num estado que já não tinha força para piscar os olhos e, ela já tinha perdido as contas de quantas vezes teve de interromper a leitura pois a tristeza e as incontroláveis lágrimas que insistiam em rolar no seu rosto através da sua alma.

Então ela jogou-se na cama, abraçou o travesseiro de Guilherme com toda a sua força e chorou, mas chorou tanto que já não conseguia quase nem enchergar. Aos poucos foi criando forças para se levantar, vestir-se e ir até o aeroporto para dar o último adeus ao seu amado.

Chegando lá, ela não teve coragem e nem força o suficiente para se aproximar dele e ficou olhando pelo vidro ainda em lágrima a dor da despedida e do nunca mais.

Ao que o avião decolou, Joana deu de costas ao vidro e foi andando por aquele infinito corredor, vagando sozinha, acompanhada apenas da solidão pela escura e inevitável estrada da vida.

Andrei Lopes
andrey.rl@hotmail.com

http://andreilopes.blogspot.com
Santiago, RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

Casa do Poeta de Santiago é notícia no Terra

0 comentários

Clique aqui para ler a reportagem que saiu no terra.com.br sobre a Casa do Poeta de Santiago.

III Encontro de Escritores do Mercosul

0 comentários

Participe!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Homenagem à nossa Casa

0 comentários
A Casa do Poeta de Santiago

Um anseio, um projeto, hoje um fato:
És bem-vinda Casa do Poeta!
Descortina-se o seguinte ato,
Pois, de fato, escrever é a meta.

Uma fonte de luz em Santiago,
Um poema que um vate escreveu.
És, também, patrimônio legado,
Para o Caio Fernando Abreu.

Tens à sombra alguns visionários,
Que acreditam na pura cultura.
No poder do saber literário
E na força da Literatura.

Em teu cerne a Arte se irmana,
Com Ciência e Filosofia.
És um gueto da emoção humana,
Que transpira prosa e poesia.

Muito mais que paredes e teto,
Fortaleza de luz a brilhar.
Sua porta é um livro aberto,
Que jamais deverá se fechar.

Sê bem-vindo à Casa do Poeta!
Onde a musa Clio se faz guarida
E abriga pessoas seletas,
Que adoçam com versos a vida!


Poema feito por Clodinei Silveira Machado, para a Casa do Poeta.

A literatura ganha a sua casa

0 comentários
O escritor Caio Fernando Abreu foi homenageado em Santiago, sua cidade natal, com a inauguração da Casa do Poeta da cidade, que leva seu nome. A abertura aconteceu sexta com a presença de autoridades. A Casa do Poeta, sobre a presidência de giovane Pasini, abriga o acervo de escritores veteranos e novatos, como os catalogados pelo projeto "Santiago do Boqueirão, seus Poetas quem são?", da URI. O local também oferece cursos de literatura, salas de leitura, venda de livros, exposições de obras de arte e fotografias.

Apoiadores: A Casa do Poeta reconhece e agradece o incentivo de seus apoiadores culturais: Rimar Móveis, Colégio Medianeira, Rádio Central FM, jornal Expresso Ilustrado, Grupo Imagem, URI, Ulbra, Ponto Cópias, Caixa Federal, Câmara de Vereadores, Atelier Adriana Madrid, Centro de Pinturas, Active e Prefeitura de Santiago.

Jornal Expresso Ilustrado, em 10/09/2010.

Zero Hora

0 comentários
Leia a seguir a matéria sobre a Casa do Poeta de Santiago publicada no jornal Zero Hora, do dia 8 de setembro.

A Razão

0 comentários
No dia 6 de setembro saiu uma reportagem em "A Razão" sobre a Casa do Poeta de Santiago. Para ler, clique aqui.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Adoramos a...

3 comentários
Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugna-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito.

Fernando Pessoa

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Gato ao Luar

0 comentários

Camilo Riani

domingo, 12 de setembro de 2010

Polaroid

0 comentários
Mirar teus olhos vermelhos.
Parar o tempo.
Enquadrar.

Teu corpo meio pequeno.
Breve momento.
Esperar.

Mas esses breves segundos
sumiram no tempo.
Desbotar.

Berg Nascimento
http://poesiasciberneticas.blogspot.com
rnascimento_rio@hotmail.com
Rio de Janeiro, RJ



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

"Raiz no Pampa" de Caio Fernando Abreu

0 comentários
Declamado por Márcio Brasil, na inauguração da sede da Casa do Poeta.


Palavras e Ondas (11 de setembro)

0 comentários
Davi Damian e Sadi Machado na inauguração da sede da Casa do Poeta de Santiago

No Palavras e Ondas deste sábado estaremos entrevistando o poeta Sadi Machado. Ele estará passando vários conhecimentos para nós, ouvintes. O Sadi possui um grande respeito na comunidade, sendo um escritor muito produtivo!

Sintonize 87,9, rádio Central FM.

Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI.

The Blower's Daughter (Damien Rice)

0 comentários

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Uri na Casa do Poeta

0 comentários
A Professora Michele Noal Beltrão, diretora Acadêmica, acompanhada do professor Jorge Padilha, diretor administrativo da URI, participaram da inauguração da Casa do Poeta. Bastante emocionada com o vídeo sobre a vida de Caio Fernando Abreu, a professora Michele disse que "é importantíssimo para a Universidade participar destes eventos pois como temos o Projeto Santiago do Boqueirão, Seus Poetas quem são?, precisamos estar juntos da Casa do Poeta, apoiando como for possível".

Contagem regressiva de um Big Bang interno

0 comentários
Desse poema frio
Mas de placas incandescestes,
Queimaduras do mais alto grau
Irão te esfoliar delicadamente.

Dessa poesia falsa
Mas de enigmas verdadeiros
Há de rasgar os tímpanos
Dos com ouvido vacilante.

Desse poema opaco
Mas de potente reflexo da alma
Há de assombrar teus fantasmas.
Adormecidos em tua calma.

E o verso surgirá como bolhas
No lago tranquilo de outrora
E de lago se fará usina
Que mão nenhuma controla.

Berg Nascimento
http://poesiasciberneticas.blogspot.com
rnascimento_rio@hotmail.com
Rio de Janeiro, RJ



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

Não entendo...

0 comentários
Não entendo como é que alguns escolhem o crime, quando há tantas maneiras legais de se ser desonesto.

Laurence Peter

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Outrem

2 comentários
Que agourenta rotina carrego comigo;
A infinita virtude de esperar por algo;
E tão perto de mim estás;
Confundo-me em avessas particulares;
Não sabendo ao certo
que esquerdas pegadas sigo;
Caminhando ao calor ameno
sem meras requisições;
Não afastaria de mim,
O toque acolhedor
de falanges estranhas;
Meu corpo identificaria cego
tais sutilezas;
Entrego-me em vivaz e atenuante;
No desejo de tragar
A leveza do teu amor assim alcunhado.

Roseli Antunes
http://desabafodeantunes.blogspot.com
roseliantunes@hotmail.com
Santiago, RS




Se você quiser divulgar seu trabalho neste espaço, envie um e-mail para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

Boneco de porcelana

0 comentários
Coloquei-o na parte mais alta da minha estante
Eu costumava observá-lo com admiração
Enquanto ele estava lá, sem me ver
Sem nem me perceber

Com o tempo me tornei escrava de sua figura
Eu precisava observá-lo, mesmo sabendo que ele não me via
Eu necessitava da paz que ele me trazia
Apenas em vê-lo

Aos poucos, ele que era tão belo foi-se quebrando
Como toda a sua perfeição
Seus pedaços deixei pelos cantos
Para me lembrar do quanto ele era perfeito
Quando o seu maior defeito era não ter um coração

Micheli Tadiello Pissollatto
http://mydieu93.blogspot.com
mydieu93@hotmail.com

Porto Alegre, RS




Se você quiser divulgar seu trabalho neste espaço, envie um e-mail para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

O Nascimento de Vênus

1 comentários

Sandro Botticelli

domingo, 5 de setembro de 2010

Lançamento do primeiro livro na sede da Casa do Poeta

0 comentários

Na noite de ontem foi lançado o livro de poesia "Sementes Literárias", de Clodinei Silveira Machado. Este é o primeiro livro lançado na sede da Casa do Poeta.

Para conferir as fotos, clique aqui.

E hoje, encerrando as atividades de inauguração da sede, às 16h, o 26º cafezinho poético. Esperamos você!

sábado, 4 de setembro de 2010

Sucesso na inauguração da sede da Casa do Poeta de Santiago

1 comentários
Márcio Brasil, César Braga, Zé Lir Madalosso e Giovani Pasini

A inauguração da sede da Casa do Poeta - Casa Caio Fernando Abreu - obteve excelente receptividade em Santiago, já que se trata de um novo espaço cultural, que se soma aos já existentes. Na noite de inauguração, dezenas de pessoas compareceram e a noite ficou marcada pelos emocionantes discursos do presidente Giovani Pasini, da secretária de Educação e Cultura, Denise Cardoso; do vereador Miguel Bianchini e do escritor Zé Lir Madalosso. Depois, o jornalista Márcio Brasil recitou a crônica A Raiz no Pampa, de Caio Fernando Abreu, seguido de um documentário sobre a vida do escritor, produzido por acadêmicos da Unipampa de São Borja. Os convidados puderam apreciar a exposição de telas de Adriana Madrid, fotografias de Santiago, poesias de autores santiaguenses e conhecer a bioblioteca da Casa do Poeta, que também oferece espaço de venda de livros.

Prossegue neste sábado, 04 de setembro, a programação de inauguração da Casa do Poeta de Santiago. Às 19h acontecerá o lançamento do livro Sementes Literárias, do escritor Clodinei Silveira Machado, que estará autogrando a sua obra durante o coquetel.

Para conferir todas as fotos, clique aqui (o álbum está sendo atualizado).

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Que se destrua

0 comentários
Eu estou desesperada. Não sou capaz de dizer se cheguei ao meu limite porque tenho certeza de que há muito deixei de ter consciência do quanto minha dor é intensa, aguda e absurda.
Eu sequer consigo explicar a mim mesma o quanto você me machuca. Carreguei minha angústia com prazer pelo máximo de tempo que pude, mas já não posso suportar seu enorme peso sozinha.

Desde que enterrei todos os meus segredos em sua pele, sinto que já não possa ser sincera com pessoa alguma. Você faz com que eu viva apenas pelo repouso do sepulcro, afogando-me em minhas próprias lágrimas a cada uma de minhas noites. Faz-me pensar que eu gostaria de poder viver um pouco mais para sentir algo além de ansiedade, mas também leva-me a acreditar que eu realmente desejo morrer da maneira mais lenta e dolorosa possível.

Fui marcada na carne pela vergonha que sinto de mim mesma por amar você, e já não vejo como continuar a esconder minhas feridas abertas. Eu preciso, desesperadamente, substituir você.
Eu gostaria de que a minha própria vida continuasse sem mim; gostaria de que você parasse de me dizer o quanto importa-se comigo. Porque você sabe que continuar a alimentar esta obsessão, cedo ou tarde, fará com que eu me quebre em milhares de pedaços - e que eu me dissolveria em lágrimas de dor se voltasse a ouvir sua voz.

Eu não desejo o seu amor. Desejo apenas que você me diga o que eu devo fazer para me libertar desta doença.

Luciana Nogueira
http://anjoshistericos.blogspot.com
hysteric.angel@hotmail.com
Santos, SP



Se você quiser divulgar seu trabalho neste espaço, envie um e-mail para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

If Tomorrow Never Comes (Renato Russo)

0 comentários

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Casa do Poeta de Santiago na TV Com

0 comentários


Durante a festa Os Melhores do Ano, o entrevistador Tatata Pimentel entrevistou Giovani Pasini, presidente da Casa do Poeta de Santiago, para o programa Gente da Noite (*), apresentado na TV Com. Como ainda não consegui os vídeos originais, fiz essa filmagem com uma câmera, capturando da tela do computador durante a transmissão do programa. Tatata ficou feliz de saber que a cidade de seu amigo Caio Fernando Abreu está desenvolvendo ações culturais que valorizam sua obra. Ele também se mostrou conhecedodor de autores como Ramiro Barcellos, Oracy Dornelles, Sílvio Duncan e Túlio Piva. Pasini citou também Aureliano de Figueiredo Pinto, outro escritor muito conhecido na cidade. Confira o vídeo.

(*) Gente da Noite é o nome de um dos sambas compostos por Túlio Piva. "Gente da Noite/Que não liga a preconceito/tem estrelas na alma/E a lua no seu peito..."

Estou me...

0 comentários
Estou me repetindo, dizendo mil vezes a mesma coisa. No fundo, há só uma verdade: me sinto só. Talvez seja essa a causa dos meus males. Ou será o desconhecimento do que sou? No fundo o que existe sou eu. Como um grande ponto de interrogação sem resposta.

Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

26º cafezinho poético

0 comentários
O 26º cafezinho poético da Casa do Poeta de Santiago será realizado na nova sede a qual será inaugurada nos dias 3, 4 e 5 de setembro e está localizada na Rua Silveira Martins, 1432. Confira o cronograma completo do evento e participe.

Flores com Nú

0 comentários

Enrico Bianco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...