quarta-feira, 24 de abril de 2013

poesia

0 comentários
sinto e insisto
em desejar o mito
do amor etéreo
do amor sem dor
nesta quimera
quisera a fera
saltar do peito, arrebatador
vou navegar
ou me afogar no mar
dos olhos verdes que só ele tem
a vida é curta
embora surta
momentos de inspiração
para criar,
para perpetuar
toda loucura
toda essa paixão
sendo fogoso
ou sendo penoso
sinceramente
amar é vilhoso.

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

terça-feira, 23 de abril de 2013

ocaso de um caso

0 comentários
quarto escuro
incenso
nós dois.
abismo.
palavras poucas,
fim dos sonhos
vai, busca tua felicidade
leva contigo o MAR
COr  dos teus olhos.
é difícil dizer o quanto te amo
palavras faltam
nó na garganta
no final amigos.
esperança?!

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

revelação

1 comentários
no espelho,
revelo segredos
quase indecentes
e lábios incandescentes
ingenuidade
é meu jeito
de ter malícia
sem ter maldade,
flores entre meios,
beijos entre seios...
e um toque louco entre um e outro.
pra mim
trocar de amores
é tão difícil
quanto trocar de olhares
tenho pouco juízo,
doidivanas,
olhos vorazes
mãos profanas,
às vezes bela,
às vezes fera
gata que vira pantera

Ísis Dornelles
idrs196@gmail.com
Santiago, RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Fotos da posse da nova diretoria da Casa do Poeta de Santiago

0 comentários
Para conferir todas fotos, acesse:
http://www.nosnafoto.biz/2013/04/posse-da-nova-diretoria-da-casa-do.html

terça-feira, 9 de abril de 2013

Convite: cerimônia de posse da nova diretoria da Casa do Poeta de Santiago

0 comentários
São apoiadores deste evento:
- Círculo Militar de Santiago
- Fasp Art (Decorações)
- Marx - Sonorizações
- Padaria e Confeitaria Fronteira
- Rádio Central 87.9 FM

sábado, 6 de abril de 2013

Palavras e Ondas (06/04/2012)

0 comentários
No programa deste sábado entrevistaremos Tiago Gorski Lacerda, Secretário de Gestão de Santiago, que abordará os aspectos positivos do II Fórum Municipal Pró-Desenvolvimento de Santiago.

Contaremos, também, com a presença do novo diretor da Casa do Poeta de Santiago, o professor Ronaldo Gomes, que falará sobre a sua expectativa em entrar para entidade e a respeito de alguns projetos culturais.

Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.

Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Atitude

0 comentários
Noite fria, vi um bicho
Comendo sobras de lixo
Enrolado em pouco pano
Porque a rua estava escura
Não sei se tal criatura
Era bicho ou ser humano

De meus olhos gota escorre
Vendo que ninguém socorre
Então da consciência escuto:
“Não basta sentires pena
Quando te choca uma cena
Debaixo de algum viaduto”!


Mas meu Deus o que é que faço
Eu tenho apenas dois braços
Trabalho me dá canseira.
“Vai, reúne cada amigo
Dos que convivem contigo,
De segunda a sexta feira”!


“Está faltando atitude !
Pra que muita coisa mude
Atenção, escuta, grava:
Instiga ações mais fraternas
Tens dois braços, duas pernas
Tens o poder da palavra”!


Waldui de Freitas Aquino
aquinosul@gmail.com
aquinosul.blogspot.com.br
São Leopoldo, RS


 

Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

No tempo dos uniformes

0 comentários
Diariamente tomamos conhecimento através imprensa, de como a violência esta se proliferando rapidamente dentre algumas escolas, principalmente as de segundo grau, tanto públicas como particulares.  É aluno portando arma, professores sendo  desrespeitados, uso de drogas, os “bondes”, um sem fim de barbáries. E sempre surgindo uma “moda” nova, a atual, importada dos americanos: o “BULLING”. Assim chamada, poderemos tratá-la como se estivéssemos no primeiro mundo.
Mas não é disso que quero falar.
Em minha cidade natal, Santiago – RS, na década de 50, entre todas as escolas do município, duas se destacavam: a ESCOLA NORMAL NOSSA SENHORA MEDIANEIRA e o GINÁSIO ESTADUAL CRISTÓVÃO PEREIRA, grandes rivais nos desfiles de 7 de Setembro. Qual seria a melhor banda?  Quem sairia vencedor do desfile daquele ano? E não passava disso a discordância entre a estudantada.
A Escola Normal até hoje é administrada por freiras, e continua localizada no mesmo lugar. Quanto ao Ginásio Estadual foi transferido, sendo construído um novo em outro local da cidade. Quando da antiga localização do Cristóvão Pereira era praticamente “obrigatória” a passagem, de mais da metade dos estudantes, de ambos os educandários, pelo meio da Praça Getúlio Vargas. Imaginem um L, na perna maior, a quatro quadras de distância de uma das  esquinas do logradouro, esta situada a escola Normal, na direção da perna menor localizava-se o antigo Ginásio.
Em todo o largo, margeando os canteiros e sobre um calçamento estilo “Copacabana”, estão até hoje colocados inúmeros bancos.
Naquela época era obrigatório o uso de uniforme nas instituições de ensino, o das meninas, era assim: Colégio das Freiras- blusa branca listrada de azul, saia azul-marinho, meias brancas e SAPATOS pretos. Cristóvão Pereira - blusa branca, saia cáqui, SAPATOS pretos  e meias brancas.
A gurizada ficava estrategicamente sentada, esperando a passagem das alunas, normalmente vinham em grupos de cinco ou seis amigas, todas elas no maior papo, alguns sussurros e olhares esguios, mas ao confrontarem-se com o pessoal dos bancos, quase sempre um deles falava alto:
-A MAIS BONITA É A DE SAPATO BRANCO!!!
Nunca falhava, sempre uma ou duas dirigiam um rápido olhar para os pés.
 Bons tempos aqueles.

Paulo Walmir Assunção Vargas
pwargas@hotmail.com
São Leopoldo - RS




Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
 ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Casa do Poeta elege nova diretoria

0 comentários
Desde que surgiu em 2009, a Casa do Poeta de Santiago trabalha bastante na área cultural em Santiago, valorizando os escritores veteranos e incentivando os novos talentos. Já promoveu vários saraus, fóruns, semanas literárias, integração com países do Mercosul, lançamento de livros, participação em feiras etc, sendo uma entidade muito atuante. Neste sábado, houve a eleição da nova diretoria da entidade, que desde 2011 era presidida por Márcio Brasil e agora volta a atuar sob o comando de Giovani Pasini. A posse da nova diretoria está prevista para o mês de abril, em data ainda não marcada, com a realização de um jantar de confraternização.

A nova diretoria: presidente: Giovani Pasini; vice: Márcio Brasil; diretor administrativo: Vanderlei Machado; 1ª Secretária: Fátima Friedriczweski; 2º Secretário: Ronaldo Gomes; 1º Tesoureiro: José Adilmo de Lima; 2º Tesoureiro: a definir; diretora de Cultura e Literatura: Lígia Rosso; diretora de História e Memória: Nuraciara Xavier; diretora de Patrimônio: Karla Pasini; diretora de Eventos: Andriéle Machado; diretora de Marketing: Tainã Steinmetzn e diretora Jurídica: Maristane Couto Pedroso.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...