sexta-feira, 25 de maio de 2012

1ª Sarau Literário

0 comentários
O Museu Municipal Pedro Palmeiro convida para o 1ª Sarau Literário

“NO SILÊNCIO DA MEMÓRIA UM SOM DE POESIA”


• Fala introdutória: “Sarau”– Historiador Valdir Amaral Pinto.

• Leitura dramática da poesia de Filinto Charão – João Matheus R. Gham.

• Solo Musical de Clarinete- Andressa T. Berlato.

• Declamação poética- Alessandro Reiffer e Froilam de Oliveira.

• Leituras, Recitação e Releituras abertas à participação do público.

Data: 25/05/12

Local: Salão de Eventos do Centro Cultural

Hora: 18h30min

1ª Feira das Nações

0 comentários

segunda-feira, 21 de maio de 2012

sexta-feira, 18 de maio de 2012

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Hora para voltar

0 comentários
Subi as escadas sem acender as velhas luzes amareladas, e meus passos eram silenciosos mesmo sem querer. Ao abrir a porta, não obtive resposta para a pergunta que não fiz. As passagens de uma tão alegre vinda jaziam amassadas sobre o mesmo cobertor amassado da mesma cama que permanecia bagunçada exatamente como nós a havíamos deixado, mas a triste volta daquela tão alegre vinda voltou contigo, também amassada.
.
Lembrei-me ainda dos sorrisos no sofá onde nos sentamos e deitamos e das lágrimas na cama onde nos deitamos e sentamos. Tão triste do silêncio, varria o chão para apagar dele as tuas pegadas e gravá-las no vazio do meu coração.
.
Ainda mais lindos eram os teus olhos quando me sorriam úmidos pela tempestade que não nos escondeu. Sonho agora com o dia em que não teremos hora para voltar, mas naquela tarde sobre as pedras com insetos que nos deixaram vermelhos não sonhava, porque todo o meu sonho estava ali.

Luciana Nogueira
http://anjoshistericos.blogspot.com
hysteric.angel@hotmail.com
Santos, SP



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Inicia hoje a Semana Acadêmica do Curso de Letras da URI Santiago

0 comentários
Local: Auditório do prédio 09 – sala 1039.
Horário: das 19h10min às 22h30min.
Carga Horária: 20h – frequência para certificado: 75%.
Inscrições: Coordenação do Curso de Letras de 07 a 15 de maio. (Tarde e Noite)
Valor: $15,00.


Programação no mês de maio:
16 de Maio – Quarta-feira
19h10min- Recepção e credenciamento
19h30min - Momento Cultural: “A Comunicação e Sensibilidade pela Arte” (E.M.T.O. Criança Feliz)
19h45min – “GESTÃO EM SALA DE AULA – uma perspectiva de ensino pela interface entre currículo e liderança”, palestrante: ProfªMs. Dinalva Agissé Alves de Souza – URI - Santo Ângelo.
21h15min – ELAS ESTÃO DE VOLTA
· Reapresentação de Monografias

17 de Maio- Quinta-feira
19h10min- Recepção
19h20min- Momento Cultural
19h30min-“O LUGAR DO EDUCADOR NA CONTEMPORANEIDADE- sob a ótica da Psicologia”, palestrante: Prof. Dr. Pedro Pacheco, coord. do Curso de Psicologia, URI- Santiago.
21h15min- ELAS ESTÃO DE VOLTA
· Reapresentação de monografias

18 de Maio – Sexta-feira
19h10min- Recepção
19h20min- Momento Cultural
19h30min- “A COMPLEXIDADE DA DOCÊNCIA – os processos formativos na construção da aprendizagem docente”, palestrante: Profª doutoranda Leila Adriana Baptaglin, URI- Santiago.
21h15min- ELAS ESTÃO DE VOLTA
· Reapresentação de Monografias


Programação em junho:

04 de Junho- Segunda-feira
19h10min- Recepção
19h20min- Momento Cultural: “ A comunicação pela Arte” (APAE- Santiago)
19h30min- “O PROFESSOR DIANTE DO PARADIGMA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA”, palestrante: Profª Ms. Giovana Toscani Gindri, URI- Santiago
21h15min- Painel com Egressos do Curso de Letras.

05 de Junho- Terça-feira
19h10min- Recepção
19h20min- Momento Cultural
19h30min- “O PROFESSOR E OS NOVOS DESAFIOS” – Ensino Médio Politécnico, palestrante: Profª Esp. Nara Madruga da Silva, egressa do curso de História, URI-Santiago e Vice-Diretora e Supervisora da E.E.E.B. Monsenhor Assis.
21h15min- “SER PROFESSOR” – Na voz dos acadêmicos do V, VII, IX semestres.

terça-feira, 15 de maio de 2012

quinta-feira, 10 de maio de 2012

III Semana Literária inicia hoje

0 comentários
A III Semana Literária começa a partir das 19h, no auditório da Câmara de Vereadores, e as inscrições para o certificado de 15 horas podem ser feitas na hora, ao valor de R$ 10,00.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

O peso da culpa

0 comentários
Peço que não levem para uma interpretação masoquista, no entanto, tendo já mencionado no último texto sobre em que ponto nossos problemas ganham dimensões incalculáveis e nos limitam de fazer aquilo que queremos, indago outro sentido, ..;

Em que ponto estando bem, diga-se bem de um modo geral, bem nos estudos, na família, nas relações pessoais, com os amigos, parentes, vizinhos, bem até em quesitos saúde e bem- estar, em que ponto, estando bem pode-se sentir-se mal ?

Talvez deva ser mais direta..., como é possível ter tudo e não ter nada? ...Como teoricamente deva-se estar feliz, mas , no interior, borrar em lágrimas?

Como em um baile de máscaras que todos fingem utopias e sorrisos forjados mas que se corroem por dentro.
Se corroem por um passado que embora tentem escondê-lo uma hora ele sempre vem à tona, .

Como seres humanos que se culpam todos os dias pelos seus vícios e manias passadas, por uma dependência química ou quiçá uma dependência psicológica, ou como aqueles seres humanos que se culpam até hoje pelos laços afetivos perdidos e que nunca mais, drasticamente, serão reatados..; Que se culpam pela morte de um parente ou um amigo querido, ...que se culpam por um acidente.

Acidentes.

Que se culpam por não ter dito palavras doces quando eram requeridas em ocasiões amargas, ... que se culpam por não estarem presentes nos momentos que deveriam estar.

Seres humanos que se culpam tanto por um passado que, possuem até o medo de se arriscar a não viver mais sob a própria culpa.

Culpa. Guilt. Culpabilité. 有罪.

Imaginem que sobre seus ombros esteja uma mochila bem pesada que lhe caleje de dor, e cause feridas em seus braços.

Imaginem que nela esteja toda a angústia de fatos, todas as perdas, todos os palavrões ditos ou até mesmo todo silêncio não pronunciado,...;

Imaginem todos os seus relacionamentos que não deram certo, imaginem toda dependência que lhe levou a uma reabilitação, imaginem todos os esporos de uma vida cosumida e desgastada com o tempo.

Imaginem toda culpa que carregam.

Imaginaram?

Agora, movam-se.

Não há possibilidade.

É pesado demais para se carregar.

Toda a culpa não se supera em pouco tempo ou,talvez nem em cem
anos.

É necessário que da culpa brote consciência, mas não me venham com textos melancólicos de auto-ajuda que nos submetam a uma psicologia barata de como a partir de uma perda é necessário manter-se vivo e como a partir de uma decepção é necessário prosseguir e recomeçar.

Estereótipos não cabem em determinados contextos.

Não é nada fácil, admitamos.

Não mesmo.

Talvez o tempo não cure nada, ou cure tudo, os talvez apenas desloque, como muitos dizem, o incurável do centro das atenções.

Mas leva um tempo danado.

Ferida nenhuma se cicatriza em pouco tempo, e mesmo assim, deixam cicatrizes.

Eu não dito normas a quem perdeu, a quem teve uma juventude jogada ao relento, a quem se rendeu as drogas, a quem perdeu um filho, um pai, um amigo, a quem se culpa até hoje por um acidente fatal, a quem se culpa pela perda de um amor.

Não me coloco nem de longe superior à dor dos outros. A de ninguém..., não seria justo.

Afinal de contas, estando a mil metros de distância do que realmente se passa é muito fácil proclamar poemas ou ditar 7 normas de como superar, ou até mesmo, escrever cartilhas.

Porém, é impossível saber o que se passa na cabeça de cada indivíduo, ...;

Não é possível saber o que leva uma menina de 14 anos ao suicídio, o que leva alguém a cheirar crack, o que leva um pai ou a madrasta a jogar a filha pela janela de um prédio, o que leva alguém a entrar no crime, o que leva alguém a fugir de casa em plenos 17 anos.

A dor, meus caros, é única.
Única para aqueles que a sentem nas próprias veias e que a veem sucumbir e se tornar fatal.

Por isso mesmo torna-se essencial que não se meçam os problemas com uma fita métrica, que não os definam em grandes ou pequenos.

Problema é problema, poxa. E cada um tem o direito de lidar com ele do jeito que bem lhe entender, seja a base de remédios faixa preta, seja a base de psicanálise, seja a base da escrita, ou seja até mesmo, e por que não, a base do diálogo.

Não meçam aquilo que você nem se quer chegou a vivenciar, ou digamos, nas boas línguas, não julgue aquilo que você diz meramente que conhece, mas que ao final das contas, não sabe nem um terço da história.

Tendo julgado tanto e se colocado nos problemas dos demais, o que se ganha com isso?

Afinal, nunca se sabe o que há por trás de um sorriso.

Amanda Lemos Lages
http://bolgdoano.blogspot.com.br
lemoslages@hotmail.com
Montes Claros, MG



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Participe da III Semana Literária de Santiago

0 comentários
(clique na imagem para ampliar)

III Semana Literária inicia nesta quinta

0 comentários
Na próxima quinta-feira, 10, a Casa do Poeta de Santiago inicia no auditório da Câmara a programação de sua 3ª Semana Literária, que é promovida anualmente. A abertura será às 19h, com a palestra "A Casa do Poeta no Contexto da Cidade Educadora", com o presidente da entidade, Márcio Brasil; em seguida, a escritora Fátima Friedriczewski falará sobre a poesia de Oracy Dornelles e, por fim, a professora Lígia Rosso fará um painel sobre sua recente viagem à Europa, observando as diferenças culturais com o Brasil.

Na sexta, 11, às 19h, o psicólogo Davi Damian falará sobre a filosofia dos games; em seguida, Gelson Weschenfelder, autor do livro "Filosofando com os Super-Heróis", falará sobre as histórias em quadrinhos e a filosofia e, por fim, a professora Zaíra Bianchini apresentará palestra sobre a obra do escritor Caio Fernando Abreu.

No sábado, a partir das 9h, aconterá o Café da Manhã Poético, com participação de autores e leitores, recital de textos e lançamentos de livros.

As inscrições para o certificado, de 15 horas, no valor de R$10,00, podem ser feitas na hora do evento.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Irmãos de Caio Fernando Abreu ficaram encantados com Santiago

0 comentários
No último dia 05 de maio, Santiago recebeu a visita de dois irmãos do falecido escritor Caio Fernando Abreu: Márcia de Abreu Jacintho e Luiz Felipe Loureiro, que se fez acompanhar de sua esposa, Fátima Perurena. Eles chegaram no sábado, como hóspedes oficiais do município, após muitos anos sem visitar a cidade. Foram entrevistados no programa Palavras e Ondas, da Central FM, e depois ficaram encantados ao visitar a Estação do Conhecimento, ver os painéis com textos de Caio e saber, por meio de Rodrigo Neres, da proposta cultural do município e do compromisso de construção de uma Cidade Educadora. Márcia e Felipe se emocionaram ao caminhar pela Rua dos Poetas e ver o busto do irmão, além de conhecer as futuras instalações do Memorial da Poesia Contemporânea. À noite, estiveram no lançamento do projeto “Caio para Todos”, do Grupo Dom de Semblantes Cia. Theatral, no auditório da Câmara de Vereadores, que leva o nome de Caio Fernando Abreu.

Fonte: http://www.santiago.rs.gov.br/noticias/1847

Museu fará o 1º Sarau Literário

0 comentários
No próximo dia 25, o Museu Municipal Pedro Palmeiro promoverá o 1º Sarau Literário. Com o tema "No silêncio da memória, um som de poesia", o evento trabalhará a meta de 7 do programa Cidade Educadora, incentivando a literatura. O evento começará às 18h30, com introdução do advogado Valdir Amaral Pinto. Em seguida, leitura dramática da poesia de Filinto Charão, por João Matheus Gham; solo de clarinete por Andressa Berlato; declamação poética por Alessandro Reiffer e Froilam Oliveira e, por fim, leituras, recitação e releituras abertas ao público. A organização é da escritora Erilaine Perez.

Lígia Rosso é a homenageada no Letras Santiaguenses

1 comentários
A escritora Lígia Rosso, autora do livro "Nas Entrelinhas" e integrante da Casa do Poeta de Santiago, é a homenageada de capa da última edição do jornal literário Letras Santiaguenses. O jornal existe há 17 anos com a proposta de valorizar os escritores de Santiago e da região, além de destacar entidades culturais e educacionais. Todos os integrantes da Casa do Poeta sentem-se orgulhosos com a publicação que homenageia o talento de Lígia e a parabenizam pelo reconhecimento.

sábado, 5 de maio de 2012

Palavras e Ondas (5 de maio)

0 comentários
Entrevistaremos a diretora do Grupo de Teatro Dom de Semblantes, Angela Genro, que falará sobre o lançamento do projeto "Caio Para Todos".

Sintonize 87,9, rádio Central FM, a partir das 14h.

Você poderá ouvir o programa pela internet, clicando AQUI.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Sem esperas...

0 comentários
Os dias passam.
Os anos passam.
E eu aqui fico.

A vida passa.
As pessoas passam.
E eu aqui ainda espero!

Ou eu mudo
e sigo em frente,
ou apenas permaneço.

As horas gritam
enlouquecidas...
A vida pulsa em mim.
Sem mais esperas,
quero logo as alegrias de novas primaveras!

LinkLígia Rosso
http://ligiarosso.blogspot.com
ligiarosso@hotmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Caio Para Todos

0 comentários

Quero encontrar a resposta

0 comentários
Como posso esse erro
duas vezes cometer?
Não entendo toda essa repetição
uma maldição que está me cercando
e me deixa sem consolação.
Apaixono-me e mais uma vez
o coração daquele que estou amando
não tem lugar para mim.
Irremediavelmente aqui estou
mais uma vez olhando para o céu sem fim,
procurando uma resposta encontrar.
Com lápis em mãos escrevendo
neste pedaço de papel
o que quero gritar,
mas que o nó em minha garganta
me impede
me reprime e
deixa-me sem poder falar.
Diga-me agora, quem souber responder:
Por que sempre caio na ilusão de
querer quem não posso ter?

Dienifer Bitencourt
http://dieniferbitencourt.blogspot.com
dienifer_morzinho@hotmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...