domingo, 13 de julho de 2014

Eu não sei dizer: Eu te amo

Acho que no fundo toda mulher é apenas uma menina insegura. Está sempre à procura de alguém que lhe faça sentir melhor, de alguém que lhe diga palavras bonitas que a conforte, de alguém que lhe faça feliz.
A realidade é que toda mulher precisa manter seu coração sempre ocupado, precisa de alguém para ao menos dizer que ‘gosta’. Porque amar, amor são palavras que significam muito para se dizer a todo instante –isso a meu ver- ainda mais para pessoas erradas. E na vida não há quem diga que nunca errou. Seja numa compra, numa prova, numa escolha, num amor. Erros que levam a decepção. E para uma mulher uma decepção pode não matar fisicamente, mas causa um grande estrago.

Acho que por isso sempre fui cautelosa. Comprimindo meus sentimentos e me escondendo dos olhares alheios. Talvez isso tenha sido ruim por um lado, bom pelo outro. (Vejam a constante indecisão que uma mulher passa!) E de tanto esconder o que sentia, acabei escondendo de mim mesma o bom da vida que é amar.

O coração da gente vez por outra acha um fio pra se enlear, mas geralmente em vez de formar um laço, forma um nó. E como ele confunde nossos pensamentos!

Mas voltando a parte que diz que ‘no fundo toda mulher é uma menina insegura’...

Somos muitas vezes exemplos de coragem, de luta, de sabedoria, de amor. Mas quem de nós nunca disse eu te amo pra pessoa errada? Talvez não bem nessas palavras, mas sempre houve vezes (isso eu garanto) que por mais relutante que você tenha sido, acabou se apegando a alguém. Talvez tenha jurado não se apaixonar por alguém de certo tipo, mas é aí que o coração se faz de bobo e se joga, não ligando para os danos, para os contras. Só pensando em ir fundo.

Mas o ruim mesmo é quando você acha alguém que jamais imaginou que pudesse gostar e acaba gostando. Só que por não saber usar as palavras, acaba decepcionando-as. Não é vergonha, é medo. Medo de perdê-las, de usar as palavras no tempo errado, de não estar pronta para dizê-las. Medo de amar, medo de dizer ‘eu te amo’.



Rafaela de Vargas Damian
fafadamian@yahoo.com.br
Santiago, RS






* Para divulgar seus textos no blog da Casa do Poeta de Santiago, clique aqui. *


ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas ideias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as ideias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...