sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Só um minuto

Pudesse eu ter a força do destino para te proteger de todas as dores e choros.

Pudesse eu ter o dom do canto para acordar-te sempre ao som de uma melodia suave.

Pudesse eu ter o dom da fala para acalmar teu pranto e dizer que adoro teu jeito de ser seguro e doce ao mesmo tempo.

Pudesse eu viver e segurar tuas mãos frias durante todos os invernos.

Pudera eu aprender que a arritmia que sinto por ele é normal e que a falta dela é um vazio igual a morte.

Angélica Erd 
Santiago, RS
Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.
 
 
 ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...