sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Saudação à melhor terra

Quero saudar minha terra
Com humildade e respeito
Querência de homem direito
Onde touro brabo berra
Gado xucro não se encerra
Naquele rincão bendito
No próprio chão foi escrito
Liberdade a quem não erra

Como não sou trovador
Eu vou dizer simplesmente
Se plantar boa semente
Pra todo lugar que for
Tem importante doutor
Tem gaudério topetudo
Terra onde nasce de tudo
Plantando o bem nasce amor

Não quero contar vantagens
Há campos cheios de gado
Lavouras pra todo lado
Não quero falar bobagens
Temos tão lindas paisagens
No melhor lugar do Sul
Por ser o céu tão azul
Até parece miragem

Onde fica esse lugar
Vou cantar neste repente
Terra de índio valente
De china linda pra amar
E não é pra me gabar
Claro, nem tudo é perfeito
Quem não é torto é direito
Mas, isto não vou contar

Terra do meu coração
Lá enterrei meu umbigo
Trago lembranças comigo
Da cachoeira do Pilão
Não há bandido ou ladrão
Que matando vá roubar
As riquezas do meu lugar
Santiago do Boqueirão

No mundo aprendo e ensino
Aqui, nesta terra querida
Onde comecei esta vida
Nasci grosso e voltei fino
Me transformei neste hino
Fazendo versos pra ti
Me sinto um novo guri
Gaúcho Walduí Aquino.


Waldui de Freitas Aquino
aquinosul@gmail.com
http://aquinosul.blogspot.com.br/

Santiago, RS


Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...