domingo, 15 de julho de 2012

Ser quem não ser

Desisti de ser eu mesmo,
Para tentar ser o brinquedinho que você criou,
Mas acabei esquecendo de mim,
Tentando ser a coisa que você mais queria.

Pena que não deu certo,
Me toquei a tempo do que eu estava fazendo,
E desisti.

Não me sinto fracassado por isto,
E nunca baixarei minha cabeça,
Quando tocarem no assunto.

Não passou em minha cabeça,
Que você seria,
A coisa que eu menos esperava.

Mas agora eu volto a viver,
Da minha maneira,
E da que sempre fui.

E não da que um dia,
Tu pensou ter criado.

Posso não ser mais seu bonequinho,
Mas o que me importa?,
Agora sou,
Eu mesmo.

Rafael Cabral
http://thevigillants.blogspot.com
rafaelcabraldasila@hotmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...