quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Instantes

Bela rosa negra
Jogada ao vento
Tentando sobreviver ao frio
Tentando não morrer
Assim sou eu
Tentando viver longe do teu calor
Longe dos teus abraços
Dos teus carinhos
Dos teus beijos.
Perfeitos momentos ao teu lado
Guardo em minha memória
Para relembrar em instantes necessários
Para não deixar apagar a chama da esperança.
Conformada com a perda
Mas não com a falta
Sinto meu coração pulsar no peito
Pela necessidade, sim
Mas não é como antes
Não são batidas de um coração apaixonado
E sim de um coração machucado
A procurar a pessoa certa para apaixonar-se novamente.

Eduarda dos Santos Brito
http://onlymemories7.blogspot.com
eduarda.brito777@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...