domingo, 18 de dezembro de 2011

Ainda te espero

Algum dia fui teu prazer
Hoje sou aquilo que te fere
Algo que simplesmente te faz chorar
Por uma inexistente felicidade
Que insistes em sonhar

Sempre te vejo além das colinas
Nas quais um dia te amei
E hoje reflito o tempo perdido
Que nelas te esperei

Só restaram saudades
Daquilo que não aconteceu
E que hoje leve no tempo se esqueceu

Ame tudo que amar
Viva tudo que viver
Pense tudo que pensar
Pois eu sempre estarei aqui...
"Só, a te esperar...

Daniel Augusto Mott Martins
http://art-alone.blogspot.com
daniel.mott6@gmail.com
Santiago, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...