terça-feira, 11 de outubro de 2011

O tempo e o vento

“Sou um missioneiro, Pedro Missioneiro
Um filho da Terra e da pena de um poeta
E trago as novas ouvidas no vento
Que a boca da noite pra mim pronunciou:
Amanhã – como sempre – nascerá um novo dia
E o horizonte cobrindo os montes
Vai calar a boca do quente vulcão
Pra não cuspir mais a desgraça no ar
Então, descerá a água da chuva
Da nuvem que é tupambaé do céu
E o arco-íris radiante, lá adiante
É a escada divina que sempre nos trás
O Deus Protetor, que vem ajudar
Ajudar a plantar as sementes da paz.”

Clodinei Silveira Machado
silveiraselva@ibest.com.br
Santo Ângelo, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...