segunda-feira, 12 de setembro de 2011

63 anos de Caio Fernando Abreu: Marinheiro

— Você andou na grama?
— Andei. Logo após a areia branca da baía, havia uma grama alta. E mais adiante, um rio.
— E você viu então uma cobra deslizando entre juncos, na beira do rio?
— Sim, uma cobra verde. Dessas que não fazem mal a ninguém.
— Você a matou?
— Não mato o que não ameaça. Nem o que vive. Eu apenas passei.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...