segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Travesseiro amigo

Meu velho travesseiro,
amigo de tantas noites
de saudade, tristeza e dor.
Quantas vezes emprestaste-me
o ombro macio
para afogar minhas mágoas
e secar as lágrimas
que derramei por amor!

Quantas vezes,
abracei-me a ti soluçando,
o coração estraçalhado,
como louco palpitando
quase a morrer de dor.
E tu, amigo querido,
deste-me conforto
com tua maciez e calor.

Mais uma vez, volto a chorar,
mas não de dor ou saudade.
Vou contar-te um segredo:
Da solidão não sinto mais medo.
Sabes porque meu amigo?
Encontrei a felicidade!

Antonia Nery Vanti (Vyrena)
http://sonhandocomvyrena.eu5.org
vyrena@terra.com.br
Porto Alegre/RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...