terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pensamento inconstante

Não és uma pedra no caminho
Uma ilusão desatina
Uma obra do destino
Que a mim condena.

Não és o fogo que arde
A lágrima que derrama
És somente a chama
Que no meu peito invade.

És a saudade
A vontade ingênua
O prazer incessante.

És minha carne inebriante
A pele trêmula
És um pensamento inconstante.

Allan Maykson Longui de Araujo
allan.maykson@hotmail.com
allanmaykson@bol.com.br
Linhares, ES



Se você quiser divulgar seu trabalho neste espaço, envie um e-mail para casadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...