terça-feira, 11 de maio de 2010

Sobre a Entidade

A Casa do Poeta Brasileiro de Santiago, filiada à POEBRAS (Casa do Poeta Brasileiro) foi criada em 13 de dezembro de 2008, quando foi realizada a sua primeira assembléia geral, com a aprovação do estatuto e a nomeação da primeira diretoria.

A criação da referida Casa do Poeta proporcionou o surgimento de uma entidade cultural, sem fins lucrativos, que visa desenvolver as seguintes ações práticas:

I) congregar, promover, prestigiar, amparar e valorizar os poetas, escritores e artistas em geral;

II) criar um fundo editorial e, na medida do possível, aplicá-lo na edição de obras relevantes, mantendo o acervo delas, dados bibliográficos, edição de revistas e arquivos necessários à preservação e divulgação de suas atividades;

III) realizar congressos, concursos, festividades, intercâmbios culturais, tertúlias, palestras, cursos, e promover por todos os meios a Cultura; e

IV) colaborar com os poderes constituídos, entidades de classe, congêneres e outros.

As realizações da Casa do Poeta são apoiadas pela Prefeitura Municipal de Santiago, imprensa local e patrocinadores. Sua abrangência, não se resume ao seu município, pois a visão estratégica da associação busca a realização de intercâmbios com diversos estados brasileiros, caravanas culturais e pesquisas intermunicipais.

A diretoria da Casa do Poeta Brasileiro de Santiago agradece aos que apóiam a entidade e convida ao leitor a participar como associado dessa iniciativa cultural.


O símbolo da entidade

O símbolo da Casa do Poeta Brasileiro de Santiago é envolto por um círculo de cor BRANCA, que representa a união do conhecimento criador, inacabável e infinito, definido pela tonalidade reconhecida mundialmente como a representação da paz.

As cores internas: BRANCO, VERMELHO, AMARELO e AZUL são a representação da Bandeira do município de Santiago, berço desta entidade cultural e que recebe a denominação por lei municipal de “Santiago: Terra dos Poetas”.

O tinteiro e a pena esboçam o pensamento criativo do escritor (poeta), a capacidade de um ser humano colocar sobre o papel um sistema de códigos (língua) que demonstra sentimentos, histórias, opiniões e invenções.

A inscrição central, em cor preta, apresenta o nome da entidade, sendo envolvida por outras duas inscrições brancas, sendo que uma define a data de sua fundação e a outra mostra a entidade como o lar dos poetas e escritores santiaguenses.

O símbolo da entidade foi aprovado na assembléia geral realizada em 13 de dezembro de 2008 e consta em seu estatuto, também na sua página da internet, devendo ser amplamente difundido.

Um comentário:

Suzi disse...

Só tenho a parabenizar os idealizadores e colaboradores desse projeto cultural.
É disso que nosso país precisa: incentivo a cultura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...