segunda-feira, 11 de julho de 2011

Mentira

Quem sou eu que não tenho vida
Embora viva perambulando por esse mundo?
Quem sou que me fiz de coisas as quais não ouso dizer?
Nem por milhares de vidas antes vividas de marcantes erros
Nem todas chegariam aos pés do erro que sou.
Prossigo por essas ruas, na língua de cada desumano ignorante
Sábios tanto quanto a injustiça que prega filosofias vãs.
Eu sou o que todos negam e tentam disfarçar
A vergonha acreditada, a fera insaciável
Sou a mentira indomável.

Micheli Tadiello Pissollatto
http://mydieu93.blogspot.com
mydieu93@hotmail.com

Porto Alegre, RS



Se você quiser divulgar neste espaço, envie seu seu trabalho paracasadopoeta.stgo@gmail.com com os seguintes dados: nome completo; foto; blog (se tiver); e-mail para contato e cidade/estado.

ATENÇÃO: A Casa do Poeta de Santiago não se responsabiliza pelo conteúdo dos artigos ou pelas idéias expressadas por estes. Os artigos publicados neste espaço são de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores, e expressam as idéias pessoais dos mesmos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...